O “Ice Bucket Challenge” (“Desafio do Balde de Gelo”, em tradução livre) tem o objetivo de se consolidar como viral internet afora. A intenção da nova moda é arrecadar fundos para uma campanha de combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa progressiva e fatal que afeta os neurônios motores e, por conseguinte, também as células do sistema nervoso central.

Ontem (14), Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, jogou um balde de água gelada em si mesmo (assista ao vídeo aqui). E na tarde dessa quinta-feira, Tim Cook, CEO da Apple, aceitou o desafio de nobre causa  – o executivo aparece "tomando banho" a partir dos 2 minutos no vídeo acima.

O desafio

Não apenas celebridades têm participado da iniciativa. Pessoas de todo o globo estão engajadas no suporte às pesquisas acerca da ELA. E o mecanismo do “jogo” é bastante simples: todo aquele que se submete ao banho gelado tem o direito de desafiar três pessoas. Doações são feitas por quem despeja sobre si mesmo um balde com gelo e água – quem não aceita o desafio doa cerca de US$ 100.

O montante arrecadado é enviado à ALS Association – órgão norte-americano dedicado ao estudo da doença que atende também pelos codinomes “doença de Lou Gehrig” e “doença de Charcot”. Entre 29 de julho e 12 de agosto, mais de US$ 4 milhões já tinham sido coletados pela instituição – como nomes famosos agora têm se destacado, espera-se que as pesquisas rumo à descoberta de tratamento eficaz e, quiçá, uma cura à ELA sejam alavancadas com ainda mais força.

Executivos como Satya Nadella, Phill Schiller e Dick Costolo são alguns dos nomes que compõem o quadro de participantes do “Desafio do Balde de Gelo”. Outras personalidades também se engajaram na causa: Justin Timberlake, Jimmy Fallon, The Roots, Matt Lauer, Martha Stewart e Chris Christie são algumas delas. Até mesmo Barack Obama, presidente dos EUA, foi desafiado – o político doou dinheiro e não participou do viral.

Cupons de desconto TecMundo: