Ainda que as suas contas possam sofrer um “leve” baque por conta do comportamento esquentadinho de seu recém-lançado – e encerrado – Galaxy Note 7, a Samsung ainda parece disposta a arriscar e investir em todo tipo de mercado de tecnologia. Esperta o suficiente para não colocar todos os seus ovos em uma só cesta, a fabricante se prepara para engatar uma disputa direta com os pesos-pesados do setor de tablets Windows. Como? Lançando o Galaxy TabPro S Gold Edition, uma versão turbinada – e dourada – do gadget clássico.

Pronta para fazer frente aos modelos mais recentes e poderosos da família Surface, a companhia sul-coreana anunciou a novidade na última sexta-feira (14) e revelou um dispositivo capaz de agradar tanto os consumidores comuns quanto profissionais que dependem da mobilidade e eficiência desse tipo de aparelho. Bem mais próximo de um computador portátil de verdade do que o iPad Pro – para desgosto da Apple –, o sucessor do TabPro S original roda o Windows 10 Home e oferece um teclado destacável completo – com direito a touchpad.

Essa tela deve conquistar você

O novo brinquedinho da Samsung impressiona desde o primeiro momento

Batendo parte das configurações básicas do Surface Pro 4 – sonho de consumo de designers, artistas e entusiastas desse segmento da indústria –, o novo brinquedinho da Samsung impressiona desde o primeiro momento, graças principalmente a sua chamativa tela de 12 polegadas Super AMOLED com resolução Full HD+ (2560x1440 pixels). Além disso, um processador Intel Core M3 bem parrudo, uma quantidade considerável de memória RAM e o armazenamento do tipo SSD garantem que o equipamento “voe baixo” nas suas mãos.

A bateria de 5.200 mAh deve permitir que o aparelho tenha uma boa autonomia e viabilize seu trabalho mesmo quando não houver uma tomada por perto, ao passo que uma série de conexões e portas de entrada – entre HDMI, USB Type-C e USB Type-A – pode dar suporte à integração com outros computadores, periféricos e dispositivos. Confira abaixo a listagem completa de componentes e recursos do Galaxy TabPro S Gold Edition.

Tablet ou computador? Você decide!

Especificações Técnicas

  • Tela: Super AMOLED de 12 polegadas
  • Resolução de tela: Full HD+ (2160x1440 pixels)
  • Sistema operacional: Windows 10 Home
  • Processador: Intel Core M3 de 2,2 GHz
  • GPU: Intel HD Graphics 515
  • Memória RAM: 8 GB LPDDR3
  • Armazenamento interno: SSD de 256 GB
  • Câmera traseira: 5 MP (grava vídeos em 1080p)
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Conectividade: Bluetooth 4.1, WiFi a/b/g/n/ac, USB Type-C 3.1, NFC
  • Bateria: 5.200 mAh
  • Peso: 694 g (sem teclado)
  • Dimensões: 29,03 cm de largura x 19,88 cm de altura x 0,63 cm de espessura

Conjunto quase completo

Além das especificações de peso, essa Gold Edition do TabPro S obviamente apresenta um visual bastante requintado e que segue a tendência de tantos outros tablets, celulares, relógios inteligentes e até mesmo notebooks que trazem uma camada dourada de pintura. No quesito praticidade, por sua vez, o kit dá um show, já que o teclado se conecta facilmente à tela – sem a necessidade de pareamento ou configurações avançadas – e possui um apoio com dobras que permitem posicionar o display no ângulo que for mais confortável para você.

A caneta, infelizmente, não vem no pacote básico do dispositivo dourado

Com um preço sugerido de US$ 1.000 (R$ 3,2 mil) – bem próximos dos US$ 900 (R$ 2,9 mil) da versão mais simples do Surface Pro 4 –, a oferta pode ser bastante atraente para quem já pensava em investir em um gadget como esse. Vale notar, no entanto que um componente importante ficou faltando na caixa do produto: uma caneta tipo stylus. Assim, caso você queria utilizar a TabPro Pen no portátil, o jeito é desembolsar US$ 50 (R$ 160) para fazer a aquisição separadamente.

Como já era de se imaginar, assim como aconteceu com o seu antecessor – anunciado na CES deste ano –, ainda não há qualquer perspectiva para que o Galaxy TabPro S Gold Edition chegue ao Brasil. Vai torcer para que a Samsung lance ele por aqui ou tem medo do preço oficial com que o brinquedinho pode ser colocado no mercado?

Cupons de desconto TecMundo: