Finalmente, parece que a Samsung está jogando uma pá de cal na questão baterias explosivas do Galaxy Note 7. Após realizar um recall global do smartphone e explicar os motivos dos problemas, a Sammy preparou um vídeo para pedir desculpas aos usuários da marca.

  • Caso você não esteja inteirado do assunto, clique aqui para entender mais sobre as baterias que explodiram

O vídeo é apresentado por Tim Baxter, o presidente e COO da Samsung America. Nele, Baxter comenta que a Sammy está "totalmente comprometida" ao ganhar novamente a confiança de seus consumidores, além de pedir "sinceras desculpas". "Tivemos um suporte extraordinário de operadoras parceiras, varejistas e a Comissão de Segurança de Produtos dos EUA", diz no vídeo abaixo:

Too late now to say sorry?

O presidente da Samsung America notou que, até o momento, mais de 137 mil unidades do Galaxy Note 7 já foram substituídas. Porém, "vamos tomar os passos corretos para trocar cada Note 7 que está por aí no mercado", deixou claro Baxter.

Sobre novas unidades, o presidente comentou que o Note 7 com a nova bateria é totalmente seguro. "O problema na célula da bateria foi resolvido. E isso foi afirmado por um especialista independente e reconhecido sobre as baterias de íons-lítio", adicionou.

Por fim, Baxter praticamente implora para os usuários atuais do Note 7 trocarem assim que possível de unidade. Nos EUA, as substituições gratuitos começam no dia 21 de setembro.

Então, dá para confiar?

Cupons de desconto TecMundo: