Se o Galaxy S6 foi um bálsamo para os fãs da Samsung, o Galaxy S7 chegou para fechar a conta. A sexta versão do smartphone da Sammy foi completamente repaginada, ganhou um ar mais premium e até um modelo com bordas curvas — o Edge. Tudo isso começou a apagar erros de design (quando falamos em materiais e aparência) de versões anteriores. O resultado, na sétima geração, são mais de 10 milhões de unidades vendidas.

O Samsung Galaxy S7 foi apresentado há um pouco mais de um mês. Mesmo que ele não tenha desembarcado imediatamente para as prateleiras, inúmeras lojas começaram a realizar as pré-vendas – ou encomendas. Os primeiros meses são ótimos para entender como vai ser o desempendo do smartphone no mercado e, agora, alguns analistas de mercado sul-coreanos estão soltando relatórios sobre estas vendas.

Milhões de unidades

A Sammy estimava, de maneira positiva, que seriam entregues 7 milhões de unidades em pré-venda do Galaxy S7 – acontece que, segundo esses analistas, a Samsung já entregou praticamente 10 milhões. Isso é uma ótima notícia para a companhia, já que ela estava em declínio com o negócio mobile nos últimos dois anos.

De acordo com o analista Lee Jin-woo, da KTB Asset Management, a estratégia de apresentar os novos smartphones um pouco mais cedo no ano e "tirar a vantagem" de que a Apple não possuía qualquer novo produto no mercado foi uma ótima fórmula do sucesso para o S7.

A Samsung não comentou sobre estes dados.

Você pretende comprar o Galaxy S7? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: