A Samsung afirmou oficialmente através do chefe da sua divisão mobile, D.J. Koh, que não vai abandonar a marca “Galaxy Note” depois do fiasco ocorrido com o Galaxy Note 7, que registrou dezenas de explosões ao redor do mundo, danificando patrimônio e ferindo usuários. De acordo com Koh, os fãs da Samsung estão ansiosos para uma nova edição da linha Note.

Ele diz que essas pessoas são especialmente atuais usuários do Note 5 e do Note 4 que gostariam de um novo smartphone com a S Pen. Além disso, mais de 10 mil pessoas deixaram seus emails cadastrados no site da Samsung para receber novidades a respeito de lançamentos nessa linha de dispositivos no futuro, mesmo depois das ocorrências de explosões com o Note 7.

Eu vou apresentar um Note 8 melhor, mais seguro e bastante inovador

Para essas pessoas, Koh disse, em entrevista ao CNET: “eu vou apresentar um Note 8 melhor, mais seguro e bastante inovador”. Ou seja, ficou bem claro que, se depender dos esforços do chefe mobile da Samsung, um Note 8 vai ser lançado pela companhia, sim. Apesar disso, não há qualquer detalhe sobre o futuro dispositivo divulgado por enquanto.

Essa declaração veio em um momento interessante, uma vez que a Samsung acabou de divulgar os resultados da sua investigação a respeito das baterias do Note 7. A empresa chegou à conclusão de que havia uma falha na fabricação delas que favorecia a ocorrência de curto-circuito, o que levava às explosões. Fora isso, algumas unidades não estavam seladas adequadamente.

Próximos lançamentos

Para evitar que novos problemas aconteçam, a coreana inclusive divulgou um novo protocolo de testes com oito passos para se certificar de que seus smartphones não sofram mais com esse tipo de falha. O Galaxy S8, que era esperado para a Mobile World Congress 2017, no fim de fevereiro, não será mostrado no evento. A Samsung não confirma, mas parece que a fabricante resolveu quebrar a tradição do lançamento para ter mais tempo de testes com o novo top de linha.

Cupons de desconto TecMundo: