Sempre que um novo dispositivo top de linha da Apple ou da Samsung é lançado, ambas as empresas fazem questão de mostrar como seus brinquedinhos são superiores à concorrência – e um ao outro, claro. A disputa entre as marcas, porém, não chega nem perto dos embates travados por seus fãs mais fiéis, que fazem de tudo para provar que estão do “lado certo” da guerra. O caso mais recente nessa categoria coloca o iPhone 6s para encarar o Galaxy Note 7 em uma bateria de testes de performance. Consegue adivinhar quem vence o duelo?

Um vídeo publicado pelo canal PhoneBuff na última sexta-feira (19) se propõe exatamente a colocar à prova o poder de fogo prometido pela fabricante sul-coreana para o sucessor do Note 5 – que tem lançamento mundial agendado para o início de setembro. Como o modelo mais recente da Empresa da Maçã foi o responsável por desbancar a edição anterior do phablet asiático em alguns dos principais benchmarks do mercado, o responsável pela página no YouTube resolveu conferir se o aparelho manteria seu reinado até a chegada de seu substituto.

A disputa entre essas duas belezinhas será sempre polêmica

Usando uma metodologia própria e que não se baseia apenas em testes sintéticos, a ideia do youtuber foi engatar gravações separadas com cada um dos smartphones, fazendo com que ambos abrissem uma sequência predefinida de aplicativos e realizassem algumas tarefas que demandam tipos diferentes de processamento do hardware. No fim da primeira rodada, todos os app são acessados mais uma vez para avaliar o modo como os equipamentos lidam com programas em segundo plano e a velocidade com que eles são reabertos pelo sistema.

Para efeitos de comparação, as ações e imagens de cada dispositivo foram cronometradas e colocadas lado a lado, permitindo que o desempenho de ambos pudesse ser medido em tempo real. O resultado da brincadeira foi que, enquanto a dupla se manteve razoavelmente parelha ao rodar os aplicativos mais simples – como câmera, galeria e menu de configurações –, bastou que o carregamento de jogos entrasse em cena para que o iPhone 6s abrisse uma vantagem monstruosa à frente de seu concorrente.

A partir daí, foi um caminho sem volta para o gadget da Samsung, que ficou para trás enquanto o aparelho da Apple abria imagens em alta resolução, renderizava timelapses e acessava páginas de conteúdo em serviços como ESPN, Netflix, Spotify e Amazon e partia para a segunda fase do teste. No fim, o iPhone 6s concluiu o desafio com parciais de 1m21s e 1m51s enquanto o Galaxy Note 7 anotou, respectivamente, 2m05s e 2m50s nas duas etapas. No total, a Apple completou tudo cerca de 1m30s mais rápido que o lançamento sul-coreano.

Teste definitivo? Longe disso!

Calma! A dica é que os fãs da Apple segurem um pouco a vontade de contar vantagem e que os seguidores da Samsung poupem o teclado em vez de preparar AQUELE textão que rebate cada segundo do vídeo de disputa. Isso porque fica claro que o modo como o teste foi realizado não leva em consideração diferenças importantes entre os dispositivos. A resolução do display de ambos os aparelhos, por exemplo, pode ter influenciado consideravelmente a inicialização dos games – que foi o ponto de maior discrepância.

Enquanto o Note 7 precisa abrir os jogos em um formato Quad HD (2560x1440 pixels), o iPhone 6s tem de se preocupar apenas com 1334x750 pixels de renderização na hora da jogatina. A forma como os próprios sistema operacionais trabalham com o hardware à disposição também influencia no resultado. O CPU A9 dual-core e os 2 GB de RAM do celular parecem ser o suficiente para fazer o iOS 9.3.4 rodar liso, ao passo que o Snapdragon 820 e os 4 GB de RAM do Galaxy precisam lidar com a abrangência do Android 6.0.1.

O modo como o teste foi realizado não leva em consideração diferenças importantes entre os dispositivos

Alguns internautas levantaram ainda o fato de que o youtuber não incluiu um exemplar com o processador Exynos – projetado pela própria Samsung –, que, teoricamente, é mais eficiente que a solução da Qualcomm. De qualquer forma, mesmo com todas as suas falhas de metodologia, o teste dá uma bela amostra de quanto Tim Cook e sua equipe parecem realmente acertado no desenvolvimento do iPhone 6s. O problema é: será que o iPhone 7 vai trazer inovações suficientes para superar um aparelho que se segura muito bem até hoje?

Cupons de desconto TecMundo: