Aos 22 anos de idade, o empreendedor Matthew Achilli está sendo apelidado como “Zuckerberg italiano” por grandes veículos jornalísticos da Europa. E não é à toa: ele é o fundador da Egomnia, rede social lançada em março de 2012 e que já conta com mais de 330 mil usuários ativos.

O serviço, que mistura elementos do Facebook e do LinkedIn, permite que seus usuários informem seus dados profissionais (como experiência e formação acadêmica), recebendo uma pontuação e sendo automaticamente inserido em uma determinada posição dentro de um ranking universal. Dessa forma, empresas podem recorrer ao site e encontrar os melhores candidatos para determinada vaga de uma maneira bem simples e rápida.

O Egomnia é completamente gratuito – tanto para usuários quanto para empresas. Achilli só recebe dinheiro pela venda de um software complementar que auxilia as grandes corporações a gerenciar seus empregados e administrar tarefas variadas. Em 2013, o faturamento da startup alcançou a marca dos US$ 500 mil apenas com a comercialização de tal programa.

Em entrevista ao site Exame, o executivo afirmou que pretende abrir um escritório em São Paulo em meados de outubro – nosso país será a segunda localidade estrangeira atendida pela Egomnia, que por enquanto está restrita aos cidadãos italianos. Achilli diz que a rede social ganhará uma edição completamente adaptada para nossos internautas e que decidiu trazer o site para cá devido ao grande número de “jovens talentos” localizados no Brasil. Caso tenha se interessado pela novidade, vale a pena visitar seu site oficial e cadastrar seu email para receber uma notificação assim que a rede social for lançada por aqui.

Cupons de desconto TecMundo: