Meta encerra serviço de namoro Sparked antes mesmo do lançamento

1 min de leitura
Imagem de: Meta encerra serviço de namoro Sparked antes mesmo do lançamento
Imagem: Freepik
Avatar do autor

A Meta, dona do Facebook, encerrou oficialmente o desenvolvimento do Sparked. Esse seria o nome de um serviço da rede social para speed dating, modalidade de encontro em que pessoas interessadas participam de rodadas rápidas de conversas com pretendentes em um curto período de tempo. Um dos diferenciais do Sparked era o formato diferente de outros apps do tipo, como o Tinder.

Sem perfis públicos, sem arrastar para o lado e totalmente gratuito, ele envolvia conversas que podiam ir de quatro até dez minutos com a pessoa — e, se o papo fluir, contatos para continuar se falando podiam ser compartilhados.

Maratona de encontros

Assim como no speed dating, as conversas aconteciam durante certos horários e envolvendo pessoas de uma mesma região. Vários eventos foram realizados como teste pelo Facebook, com segmentações de gênero, idade e região para encontrar os melhores formatos. A empresa também estudou realizar apenas encontros usando áudio.

A tela de cadastro de quem testou o Sparked.A tela de cadastro de quem testou o Sparked.Fonte:  TechCrunch 

O Sparked teve a existência confirmada em abril de 2021, com o desenvolvimento a cargo de uma equipe interna da empresa chamada de NPE Team. Entretanto, ele já existia desde o final de 2020 como um projeto secreto da companhia.

Agora, o serviço deixa de existir oficialmente em 20 de janeiro de 2022. Em comunicado, a Meta não detalhou os motivos, mas deixou implícito que o serviço foi encerrado por não "decolar" como outras.