Facebook e Instagram lançam novas formas de usuários ganharem dinheiro

1 min de leitura
Imagem de: Facebook e Instagram lançam novas formas de usuários ganharem dinheiro
Imagem: Instagram/Divulgação
Avatar do autor

Nesta terça-feira (8), o Facebook anunciou novas formas de remuneração para influenciadores e criadores de conteúdo, tanto em sua plataforma principal, quanto no Instagram. Entre as principais novidades, estão o novo programa de afiliação, as novas funcionalidades para lojas integradas e recursos de remuneração para transmissões ao vivo.

Destaque, o recurso "Afiliado" é um programa para o Instagram que busca recompensar os criadores de conteúdo pelas vendas, de outras marcas, que eles incentivarem. Esses usuários poderão encontrar novos produtos no momento da finalização de uma compra e, assim, também recomendá-los aos seus seguidores — aumentando o fluxo de transações no sistema de lojas integradas.

Segundo o Facebook, o recurso entrará em fase de testes nos próximos meses e contará com a participação de algumas empresas norte-americanas.

Programa de Afiliados do Instagram. (Fonte: Instagram / Divulgação)Programa de Afiliados do Instagram. (Fonte: Instagram / Divulgação)Fonte:  Instagram 

Nesse contexto, as próprias lojas do Instagram também receberam uma expansão e contarão com novos recursos. Agora, contas pessoais também poderão possuir lojas próprias e vender seus produtos diretamente, como preferirem.

Similarmente, a plataforma também permitirá o vínculo de criadores de conteúdo com um entre seus quatro parceiros, sendo eles Fanjoy, Represent, Spring e UMG, possibilitando a criação de uma nova conta para promover os respectivos produtos. Esse recurso será liberado inicialmente nos Estados Unidos, até o final deste ano, conforme os requerimentos exigidos para as contas.

Novidades para os streamers

Para os criadores de conteúdo ao vivo, o Facebook anunciou a chegada dos "marcos", que funcionam como tarefas que recompensam os usuários com pagamentos extras quando completadas. Seus objetivos podem variar de acordo com várias metas, tais como transmitir com uma outra conta no Instagram ou obter uma determinada quantidade de estrelas em um curto período.

Marcos no Instagram e Facebook, respectivamente. (Fonte: Instagram / Divulgação)Marcos no Instagram e Facebook, respectivamente. (Fonte: Instagram / Divulgação)Fonte:  Instagram 

Todas essas mudanças estão de acordo com a visão de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook: "nosso objetivo é ser a melhor plataforma para criadores de conteúdo como vocês ganharem dinheiro," ele explica.

Zuckerberg ainda acrescenta que, "se você tem uma ideia que deseja compartilhar com o mundo, você deve ser capaz de criá-la e divulgá-la com facilidade e simplicidade — no Facebook e no Instagram — e então ganhar dinheiro com seu trabalho," conclui.