Tinder ganha ferramenta para evitar assédio na plataforma

1 min de leitura
Imagem de: Tinder ganha ferramenta para evitar assédio na plataforma
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O Tinder lançou ontem (20) uma ferramenta que pretende fazer os usuários pensarem duas vezes antes de enviar uma mensagem inadequada durante a paquera. O objetivo com a chegada deste novo recurso é reduzir o assédio nos contatos feitos por meio do app de relacionamento.

Intitulada “Você tem certeza?”, a função usa inteligência artificial para detectar, em tempo real, qualquer linguagem considerada ofensiva. A partir da identificação de termos impróprios, ela entra em ação e alerta ao remetente sobre a possibilidade de a sua mensagem soar agressiva, provocando reflexão antes de enviá-la.

Treinado com base em relatos de usuários do aplicativo de namoro, o algoritmo estará em constante evolução, segundo a empresa, para se tornar cada vez mais efetivo. Ele faz parte do pacote de Segurança & Confiança da plataforma, que inclui também a ferramenta “Isso incomoda você?”, utilizada quando alguém recebe uma mensagem ofensiva.

A inteligência artificial vai perguntar ao usuário se ele deseja prosseguir com a mensagem.A inteligência artificial vai perguntar ao usuário se ele deseja prosseguir com a mensagem.Fonte:  Tinder/Divulgação 

“Palavras são tão poderosas quanto ações, e hoje estamos assumindo uma posição ainda mais forte de que o assédio não tem lugar no Tinder”, afirmou a chefe de segurança e defesa social do Match Group Tracey Breeden. A novidade chega primeiro aos EUA, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Nova Zelândia e Austrália.

Testes mostraram sucesso do recurso

De acordo com Breeden, os primeiros resultados dos testes com estas novas funções do app mostraram que elas podem ajudar a construir uma comunidade com menos assédio. Usuários que visualizaram o recurso “Você tem certeza?” tiveram uma menor probabilidade de serem denunciados ao longo de 30 dias.

Já aqueles impactados pelo “Isso incomoda você?” passaram a denunciar mais vezes o mau comportamento no serviço. As notificações de mensagens inadequadas aumentaram 46% desde o início dos testes, de acordo com o Tinder, que confirmou a chegada da função baseada em IA para toda a base de usuários do app nos próximos meses.