Ministro Ricardo Salles exclui conta no Twitter após ofender Rodrigo Maia

1 min de leitura
Imagem de: Ministro Ricardo Salles exclui conta no Twitter após ofender Rodrigo Maia
Imagem: VisualHunt
Avatar do autor

Atualizado em 29/10/20 às 19h: O Twitter, por meio de sua assessoria de imprensa, esclareceu que a conta do ministro foi excluída pelo próprio usuário, e não banida pela plataforma.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nesta quinta-feira (29), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, teve sua conta banida no Twitter. Em uma troca de provocações com o presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia, o ministro o chamou de “Nhonho”, um apelido maldoso, fazendo referência entre a aparência do congressista e o personagem do seriado Chaves.

Por volta das 22h da noite da última quarta-feira (28), Ricardo Salles comentou em um tweet feito por Rodrigo Maia (@RodrigoMaia), em que criticava as ações tomadas pelo ministro do Meio Ambiente, simplesmente o chamando de “Nhonho”, a fim de insultar o presidente da Câmara.

Horas depois, Salles voltou ao Twitter esclarecer que a publicação que ofendeu o congressista não foi feita por ele, mas por algum indivíduo mal-intencionado que garantiu acesso à sua conta indevidamente.

a  Twitter/Reprodução 

“Fui avisado há pouco que alguém utilizou indevidamente a minha conta no Twitter para publicar comentário junto à conta do presidente da Câmara dos Deputados, com quem, apesar das diferenças de opinião, sempre mantive relação cordial”, disse o ministro em um tweet publicado logo na manhã desta quinta-feira.

Não demorou muito para sua conta ter sido apagada pelo próprio ministro. Logo depois, o Ministério do Meio Ambiente afirmou que Salles entrou em contato diretamente com Maia para esclarecer a situação e informou que apurará a atividade indevida no seu perfil.

Insultos recorrentes

Não é a primeira vez que o ministro Ricardo Salles troca insultos gratuitos com outros integrantes do governo. Na quinta-feira da semana passada, dia 22 de outubro, o ministro do Meio Ambiente insultou o ministro da Secretaria do Governo, general Luiz Eduardo Ramos, chamando-o de “Maria Fofoca”. A ocasião ocorreu na esteira de uma nota publicada pelo jornal O Globo, afirmando que Salles estava “esticando a corda” com os militares do governo.

Desde então, Salles se tornou alvo de duras críticas de outros integrantes do governo, incluindo comentários negativos de Rodrigo Maia.

O Ministério do Meio Ambiente ainda não se manifestou sobre a exclusão e banimento da conta do ministro no Twitter.

Fontes

Ministro Ricardo Salles exclui conta no Twitter após ofender Rodrigo Maia