Twitter promete botão de editar tweets se todos usarem máscaras

1 min de leitura
Imagem de: Twitter promete botão de editar tweets se todos usarem máscaras
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Após permitir que usuário postem áudios, o Twitter anunciou na tarde desta quinta-feira (2) que poderá implementar o tão desejado botão para editar posts, mas com uma condição: todos usarem máscaras.

No começo deste ano, no entanto, os usuários ficaram sabendo que talvez nunca teriam o tal botão. O CEO da empresa, Jack Dorsey, defendeu que isto poderia afetar a essência e o fluxo da rede social.

Em uma entrevista com o site Wired, Dorsey garantiu que o botão não chegará ao Twitter em 2020 e, talvez, nunca seja lançado. "Isso pode funcionar, mas nós provavelmente nunca faremos", afirmou o executivo.

Portanto, é possível que a postagem não passe de um lembrete importante sobre o uso de máscaras — sobretudo em um contexto no qual medidas de proteção e de  isolamento estão sendo flexibilizadas precocemente.

Lei flexibiliza uso de máscaras

Nesta sexta-feira (03), o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que torna obrigatório o uso de máscaras em locais públicos e em meios de transporte em todo o país.

No entanto, a lei entrou em vigor com uma série de vetos do presidente que desobrigam o uso desta proteção em estabelecimentos comerciais, industriais e de ensino, tempos religiosos e outros locais. Na justificativa, Bolsonaro afirmou que tais impedimentos poderiam "incorrer em possível violação de domicílio".

Além disso, o presidente também vetou o trecho que obrigava o Estado a fornecer máscaras gratuitas para pessoas de baixa renda, explicando que a medida poderia criar uma despesa obrigatória ao Poder Público sem indicações da fonte de custeio. Por fim, o texto estabelece a pena de multa para quem descumprir a lei.

OMS fortalece recomendações

a  Unsplash/Reprodução 

A decisão do presidente, no entanto, contraria as recomendações oficias. Segundo a OMS, o uso de máscaras deve ser adotado sempre em que houver aglomerações. A organização ainda recomenda que governos incentivem e promovam esta medida de proteção.

"Onde o distanciamento não é possível, como em transportes públicos e em locais como lojas, sugere-se que os rostos sejam cobertos com máscaras caseiras para evitar a transmissão do coronavírus", afirmou editor de ciência da BBC, David Shukman.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Twitter promete botão de editar tweets se todos usarem máscaras