Facebook encerra aplicativo Lasso, concorrente do TikTok

1 min de leitura
Imagem de: Facebook encerra aplicativo Lasso, concorrente do TikTok
Avatar do autor

O aplicativo Lasso, que foi lançado pelo Facebook como concorrente do TikTok, será encerrado em 10 de julho. A informação foi revelada em um aviso emitido para os usuários da rede social de vídeos curtos na quarta-feira (1), oferecendo alguns dias para quem quiser salvar produções disponíveis na plataforma.

Lançado em 2018, o Lasso recebeu investimentos da empresa de Mark Zuckerberg, mas nunca alcançou o sucesso previsto pela companhia. O aplicativo permite criar vídeos de até 15 segundos e conta com um feed de recomendações, similar ao que acontece na plataforma chinesa que já tem mais de 2 bilhões de downloads.

Fonte:  Josh Constine/Twitter 

O Lasso teve um lançamento limitado para os Estados Unidos, mas seu alcance foi expandido nos últimos dois anos. Apesar de nunca ter dado as caras no Brasil, o app acabou chegando em alguns países da América Latina, como México, Argentina, Chile, Peru, Equador e Uruguai. Em todo seu tempo de mercado, o aplicativo alcançou um pico diário de 80 mil usuários no Android.

Foco no Instagram Reels

O Facebook não deu detalhes sobre o fim do Lasso, mas o encerramento da plataforma foi revelado pouco tempo após a rede social anunciar o Instagram Reels, também conhecido como Cenas no Brasil. A nova funcionalidade do aplicativo traz ferramentas para produção de vídeos criativos, similar ao que já existe no TikTok.

Além de trazer ferramentas de criação de vídeo, a novidade introduz no Instagram uma nova seção que engloba os vídeos curtos e com efeitos. O recurso começou a ser distribuído pela rede social no mês passado, mas ainda está chegando a todos os usuários do aplicativo.

O lançamento do Reels como competidor do TikTok tem mais chances de dar certo que o Lasso. Além do recurso do Instagram chegar em mais países, o aplicativo já possui mais usuários ativos e engajados que o próprio Facebook.

Vale ressaltar que a empresa de Mark Zuckerberg também possui outras apostas para tentar bater a dominância do TikTok. A divisão de apps experimentais da companhia lançou recentemente o Collab, que é focado na produção de vídeos colaborativos.

Facebook encerra aplicativo Lasso, concorrente do TikTok