Homem Pateta: Polícia alerta sobre perfis que induzem crianças ao suicídio

1 min de leitura
Imagem de: Homem Pateta: Polícia alerta sobre perfis que induzem crianças ao suicídio
Imagem: Facebook
Avatar do autor

A Polícia Civil de Santa Catarina e o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional (NIS) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) denunciaram perfis do que está sendo chamado de "Homem Pateta" no Facebook. Os perfis usam o codinome "Jonathan Galindo" e têm assustado crianças com mensagens de terror que, em alguns casos, podem até induzir ao suicídio.

Os órgãos publicaram um alerta para pais, professores e responsáveis por jovens e crianças. Esses perfis surgiram em países de língua espanhola em 2017 e ficaram muito famosos no México. No entanto, novas contas começaram a atuar no Brasil recentemente.

a  Facebook/Reprodução 

As contas têm como finalidade assustar jovens e crianças,utilizando fotos de perfis padronizadas com um tipo de máscara assustadora que lembra o personagem Pateta, dos estúdios Walt Disney.

“Esses perfis têm poucas postagens e desafiam as pessoas a segui-los e enviar uma mensagem privada. Feito isso, é só esperar o retorno deles, que se dá através do envio de mensagens, vídeos, áudios ou até mesmo de uma ligação por vídeo ao vivo. O conteúdo da resposta tem a intenção de causar desconforto, medo e, em alguns casos, tenta provocar o suicídio”, explica o agente da polícia civil Ivan de Souza Castilhos, integrante do NIS.

Medidas de proteção

O alerta faz parte do rol de ações do projeto "Conhecer para se proteger", da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (Ceij) do TJSC que implementa medidas de educação e prevenção à exploração sexual contra crianças e adolescentes por meio da internet.

Segundo a delegada Patrícia Zimmermann D'Ávila, os responsáveis devem monitorar o que as crianças e adolescentes acessam na internet. “Você deixar um filho sozinho na internet é o mesmo que abandonar uma criança no meio da rua numa madrugada”, compara D'Ávila.

Como denunciar?

Caso identifique ameaças desses perfis, é possível denunciar através de diversos canais. No estado de Santa Catarina, ligue para o Disque Denúncia 181 ou mande uma mensagem para o WhatsApp da Polícia Civil através do número (48) 98844-0011. Também é possível registrar um Boletim de Ocorrência virtual pelo site https://delegaciavirtual.sc.gov.br/.

Fontes

Homem Pateta: Polícia alerta sobre perfis que induzem crianças ao suicídio