Tinder deixará de bloquear perfis que apoiam o Black Lives Matter

1 min de leitura
Imagem de: Tinder deixará de bloquear perfis que apoiam o Black Lives Matter
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O Tinder deixará de bloquear contas que fizerem menções ao Black Lives Matter (“Vidas Negras Importam”), como frases de apoios, hashtags, pedidos de doações, etc. Após diversas declarações de suspenção, um porta-voz informou ao BuzzFeed News dos EUA que a plataforma daqui para frente considerará “valores internos”, antes de proceder com esse tipo de conduta.

Suspeita-se que os banimentos tenham ocorrido devido a políticas de uso do Tinder, cujo tópico proíbe a veiculação de conteúdo de “fins promocionais”. O representante, entretanto, não revelou ao site se esse de fato era o motivo.

Ele também apontou que caso alguém tenha tido a conta suspensa, em razão da mobilização antirracismo, poderia solicitar a reativação via endereço de e-mail: questions@gotinder.com. “Expressamos nosso apoio ao movimento Black Lives Matter e queremos que nossa plataforma seja um lugar onde nossos membros possam fazer o mesmo”, ressaltou.

O Tinder divulgou recentemente uma doação à causa dos direitos civis, e em 31 de maio publicou uma mensagem no Twitter (reproduzida acima) de apoio ao Black Lives Matter. A postagem recebeu várias reclamações de usuários que haviam tido as contas suspensas. Algumas delas descreviam a postura do app de encontros como “hipócrita”.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Tinder deixará de bloquear perfis que apoiam o Black Lives Matter