TikTok agora permite que pais controlem atividades dos filhos

1 min de leitura
Imagem de: TikTok agora permite que pais controlem atividades dos filhos
Avatar do autor

Visando a segurança e o bem-estar de crianças, o TikTok lançou um recurso de controle parental. O Modo de Segurança Familiar permite aos responsáveis vincularem suas contas aos perfis dos filhos e acompanhar as atividades deles na rede social.

Assim, com a nova funcionalidade, os pais podem definir o tempo de uso do aplicativo por dia. Também é possível limitar com quem as crianças podem trocar mensagens diretas ou até mesmo desativar esse meio de comunicação.

Outro destaque do Modo de Segurança Familiar é o controle dos conteúdos que as crianças vão ter acesso ao app. Um recurso fundamental para evitar que elas assistam vídeos inapropriados.

Agora os pais vão ter mais controle dos conteúdos acessados pelos filhos no TikTok. (Fonte: Pixabay/Reprodução)

Uma série de vídeos em parceria com influenciadores está sendo divulgada junto aos novos recursos da plataforma. O objetivo deles é ensinar os responsáveis a usar as ferramentas de bem-estar digital para crianças.

“Queremos que as pessoas se divirtam com o TikTok, mas é importante para a nossa comunidade cuidar do seu bem-estar”, declarou Cormac Kennan, chefe de confiança e segurança da rede. “Isso significa um relacionamento saudável com os aplicativos”.

Por enquanto, as novas funcionalidades estão disponíveis apenas na Inglaterra. Contudo, a rede social já anunciou que elas devem chegar a outros países nas próximas semanas.

O aplicativo é considerado “uma ameaça à segurança nacional” pelo governo americano. (Fonte: The Verge/Reprodução)

Privacidade e segurança de todos os usuários

O lançamento do Modo Segurança Familiar acontece um ano após o TikTok ter sido multado por coletar dados pessoais de crianças. Desta forma, o recurso é uma maneira da plataforma se adaptar aos conjuntos de leis de privacidade ao redor do mundo.

Contudo, o aplicativo não é bem-visto pelo governo americano. Por pertencer a uma empresa chinesa, certos políticos acreditam que ele pode ser utilizado para espionagem. Considerado uma “ameaça à segurança nacional”, ele não pode ser instalado em aparelhos das forças armadas e de órgãos do governo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
TikTok agora permite que pais controlem atividades dos filhos