Facebook vem se atolando em seguidos escândalos de privacidade desde o início do ano passado, deixando a impressão de que a empresa tentaria ao menos ser mais cautelosa em relação a esse tema.

A vida real, porém, mostra algo bem diferente disso. Isso porque mensagens zombando da privacidade foram descobertas escondidas dentro de “dezenas de milhares” de unidades controles Oculus Touch comercializados pela empresa.

Frases como “O Grande Irmão Zela por Ti” — ou “Big Brother is Watching You”, sentença célebre do romance distópico “1984”, de George Orwell —, “Os Maçons estiveram aqui” e “Olá, iFixIt! Estamos de olho!” foram algumas das encontradas nos aparelhos.

Uma simples brincadeira

As críticas não demoraram a surgir e a empresa veio a público tentar apagar o incêndio. Pelo Twitter, o chefe da divisão de produtos de VR do Facebook e cofundador da Oculus Nate Mitchell explicou que tudo se tratava de um “easter egg” interno que não deveria ter chegado ao público.

“Infelizmente, algumas etiquetas de ‘easter egg’ feitas para protótipos acidentalmente chegaram ao hardware interno de dezenas de milhares dos controles Touch”, escreveu o executivo.

Ele afirmou, ainda, que a “brincadeira” não comprometeu o dispositivo e que isso não deve se repetir. “Apesar de apreciar easter eggs, esses foram inapropriados e deveriam ter sido removidos. A integridade e a funcionalidade do hardware não foram comprometidas e nós consertamos o nosso processo, então, isso não acontecerá de novo”, completou.

Para quem acumula problemas de privacidade e já viu o seu presidente e cofundador depor no Congresso dos Estados Unidos, o Facebook foi bem descuidado na hora de fazer piada.

Cupons de desconto TecMundo: