De acordo com informações da Reuters, uma garota de 17 anos foi leiloada através de uma postagem no Facebook feita por um usuário no Sudão do Sul. O criador da postagem, possivelmente um dos pais, buscava o maior dote possível para entregar a menina em casamento.

Não foi divulgado o exato valor pelo qual ela foi “vendida”. A agência de notícias, contudo, informa que um rico empresário da região teria feito a aquisição por meio de um grande dote.

Demora

A publicação foi colocada no ar em 25 de outubro, mas só foi removida pelo Facebook no dia 9 de novembro, vários dias após a garota ter sido entregue para seu futuro marido. Apesar da demora em na remoção, essa postagem não passou despercebida por ninguém no país africano.

Todo mundo que usa o Facebook no Sudão do Sul estava sabendo muito bem dessa situação

Segundo a Plan International, uma organização dedicada à proteção dos direitos de jovens menores, a publicação viralizou no Sudão do Sul. “Todo mundo que usa o Facebook no Sudão do Sul estava sabendo muito bem dessa situação muito antes de isso vazar para o resto do mundo”, disse um porta-voz da organização.

O Facebook não explicou porque demorou duas semanas para que a postagem fosse removida do ar. Contudo, disse que vem investindo em segurança para evitar a disseminação de tráfico humano na rede social, entre outras práticas ilegais.

“Estamos sempre melhorando nossos métodos para identificar conteúdo que vai contra nossas políticas de uso, incluindo dobrar nosso time de segurança para chegar a mais de 30 mil pessoas e investir em tecnologia”, disse a empresa.

Casar menores de 18 anos já é proibido no Sudão do Sul, mas mesmo com penas definidas para o crime e campanhas de conscientização, a prática ainda ocorre.

Cupons de desconto TecMundo: