O Instagram anunciou hoje (28) que, a partir de agora, qualquer usuário da rede social de imagens poderá solicitar que sua conta seja verificada com o objetivo de obter um “selinho azul” ao lado do nome. Até agora, era o próprio Instagram que entrava em contato com usuários famosos ou contas de empresas com uma grande legião de seguidores para perguntar se eles gostariam de ser verificados.

Havia inclusive um mercado negro na internet que essencialmente vendia essa verificação de contas, mas isso deve se tornar coisa do passado. Para obter a verificação, será necessário apenas acessar as configurações do app no Android e no iOS e tocar em “Solicitar Verificação” ou “Request Verification”.

Será necessário informar seu nome completo e fornecer documentação pessoal ou da empresa a qual a conta do Instagram está vinculada. Depois de algum tempo, a rede social enviará uma notificação ao usuário explicando se a solicitação foi ou não aceita. Caso a resposta seja positiva, o selo azul ao lado do nome do usuário deve ser exibido imediatamente.

Mais segurança

O Instagram ainda está implementando outras medidas focadas em melhorar a segurança dos usuários e fazer com que seja mais fácil saber se contas são ou não quem dizem ser. Por exemplo, a verificação em duas etapas para login no app em breve terá suporte ao Google Authenticator e ao DUO Mobile, dando alternativas aos códigos enviados via SMS e não são tão seguros.

A plataforma também vai implementar uma seção chamada “Sobre essa conta”. A novidade estará visível para todos os seguidores de contas públicas e vai trazer algumas informações sobre o seu passado. Por exemplo, será possível conferir quando determinada pessoa entrou no Instagram, seu histórico de mudanças de nomes de usuário e também informações sobre a publicação de anúncios na conta. “Nossa comunidade nos contou que é importante ter um entendimento mais profundo sobre contas que atingem muitas pessoas no Instagram”, revelou a rede social em comunicado oficial.

theverge

Essa novidade será importante especialmente para minimizar a ação de contas que disseminam fake news ou tentam moldar a opinião dos seguidores de forma política com informações equivocadas. Esse recurso em específico começará a funcionar a partir de setembro, quando as contas com grande quantidade de seguidores poderão revisar as informações antes que elas se tornem públicas.

A integração do sistema de autenticação em duas etapas com serviços de terceiros e também a possibilidade de solicitar um selo azul de usuário verificado estarão disponíveis gradualmente ao longo das próximas semanas para todo mundo no Instagram.