Seguindo a tendência ditada pelos aplicativos de mensagens nos últimos anos, o LinkedIn foi mais um a permitir o envio de mensagens de áudio em sua plataforma. A grande diferença em relação ao que vemos no WhatsApp é que, na rede social da Microsoft voltada para negócios, as gravações só podem ter até 1 minuto de duração.

No texto em que faz o anúncio, o LinkedIn afirma que mensagens de áudio são ideais para quando você quer explicar coisas mais complexas e não está com tempo de digitar. Elas também seriam melhores que uma ligação tradicional porque quem recebe pode escolher responder no momento que for mais conveniente.

Um GIF.

Para enviar o áudio, basta tocar no botão de microfone que aparece acima do teclado quando você está com uma mensagem aberta. A implementação é parecida com outras ferramentas do tipo: deixe o dedo na tela para gravar a mensagem e solte para enviar; se você quiser cancelar a gravação, é preciso arrastar o dedo para longe do microfone até que o ícone de uma lixeira apareça.

A novidade está chegando para usuários do aplicativo do LinkedIn no Android e no iOS e deve ser disponibilizada para todo mundo durante as próximas semanas. Não dá para gravar mensagens na versão web, mas você pode ouvir normalmente o que recebeu por lá.