Como anunciado no começo do ano, o Facebook confirmou nesta quinta-feira (10) o lançamento de um programa de combate às fake news no Brasil. Em parceria com as agências de verificação de fatos (ou fact checking, como é conhecida em inglês essa expressão) Aos Fatos e Agência Lupa, o projeto visa avaliar fatos denunciados como falsos por usuários do Facebook.

As agências terão acesso às denúncias de notícias falsas feitas pela comunidade a fim de analisar a sua veracidade. A ideia é que, quando confirmada a falsidade, esses materiais tenham a sua distribuição orgânica diminuída de maneira significativa no Feed de quem participa da rede social. Eles também não poderão ser impulsionados na rede.

Além disso, a empresa de Mark Zuckerberg avisa que páginas responsáveis por compartilhar conteúdo comprovadamente falso de forma repetida serão penalizadas com a diminuição do alcance de suas publicações. Nos EUA, a mesma iniciativa permitiu reduzir em 80% a distribuição orgânica de notícias consideradas falsas por agências parceiras do Facebook.

Fake newsPessoas e páginas serão alertadas quando tentarem compartilhar um conteúdo comprovadamente falso.

“Estamos comprometidos em combater a disseminação de notícias falsas no Facebook. Essa parceria com Aos Fatos e Agência Lupa é mais um passo em nossos esforços para combater a desinformação e melhorar a qualidade das notícias que as pessoas encontram no Facebook”, informa a líder de parcerias com veículos de mídia do Facebook para América Latina, Cláudia Gurfinkel.

Parte do programa inclui, ainda, notificar pessoas e administradores de páginas que tentarem compartilhar o conteúdo falso sobre a falsidade do conteúdo que eles estão prestes a públicar. Além disso, a verificação poderá ser associada à postagem original e aparecer no Feed por meio do recurso “Artigos Relacionados”, do Facebook.

Cupons de desconto TecMundo: