Três usuários do Facebook no estado norte-americano da Califórnia estão processando a rede social por violação de privacidade. O caso diz respeito ao fato de a companhia coletar os dados de chamadas e mensagens de texto feitas em celulares com sistema operacional Android e aplicativos da empresa instalados.

O processo tem pretensão de ser uma ação coletiva que represente todos os usuários afetados. Durante a semana, o Facebook se defendeu especificamente dessa acusação, afirmando que só coleta os dados de usuários que aceitam o aviso exibido na tela inicial dos aplicativos e que essa função pode ser desligada nas configurações a qualquer momento.

Apesar disso, a justificativa da empresa — que foi publicada como um texto chamado “Checagem de fatos” em seu blog oficial — não responde vários dos detalhes que foram encontrados pelos jornalistas que baixaram esses dados coletados pela rede. Em alguns casos, detalhes de ligações foram coletados mesmo sem que nenhum aviso tenha sido exibido. Em meio à crise que a empresa enfrenta nas últimas semanas, ela criou uma forma mais fácil de controlar suas configurações de privacidade.

Cupons de desconto TecMundo: