Dois pilotos de uma empresa aérea chamada EasyJet foram suspensos no último fim de semana por terem postados vídeos e fotos no Snapchat e no Instagram Stories de dentro do cockpit de um Airbus A320 em pleno voo. A aeronave estava cheia de passageiros, que iam de Paris para Madri. De acordo com o britânico The Sun, a aeronave estava a mais de 9,1 mil metros de altitude.

Em um dos vídeos, o piloto, capitão Michel Castellucci filma o copiloto enquanto ele “dançava” com elementos animados em realidade virtual. Os jornais que denunciaram o ato, destacam que nenhum dos dois estava cuidando dos controles da aeronave, mas uma comissária de bordo chegou a falar com a imprensa afirmando que o avião estava no piloto automático naquele momento e que não requereria a atenção imediata dos pilotos humanos. Ainda assim, a EasyJet suspendeu ambos e fará uma investigação para definir seus destinos na empresa.

Castellucci aparentemente tinha uma base de seguidores relativamente grande no Snapchat e no Instagram Stories. As pessoas que viram suas postagens após o voo chegaram a comentar que se tratava de uma atitude irresponsável fazer vídeos daquela natureza em pleno ar.

Ainda não há informações sobre a investigação pela qual os pilotos passarão, mas a mesma comissária que falou sobre o caso explicou também que a segurança da tripulação e dos passageiros não foi comprometida pela postagem dos vídeos durante o voo.

Cupons de desconto TecMundo: