O mundo ocidental conectado à internet usa muitas redes sociais para manter contato com parente e amigos, se informar sobre as notícias locais e do mundo e acompanhar a carreira de celebridades dos mais diversos tipos. Usamos o Facebook, o Twitter, o Instagram e muitas outras plataformas, cada uma com suas especificidades, para compartilhar ideias e obter as mais diversas informações.

Mas como funciona em um país como a China, onde a internet tem diversas restrições e bloqueios, como as pessoas se conectam? Vale lembrar que lá os sites mais populares aqui no Ocidente são proibidos – Google, Facebook, Twitter, YouTube, WordPress, Vimeo, Blogspot etc.

Quem já ouviu falar certamente ficou curioso para saber como o Weibo funciona, mas não existe muito mistério em torno dela, que já tem perfis oficiais até de celebridades ocidentais

Pois lá existe o Sina Weibo, mais conhecido apenas como Weibo, que é uma plataforma muito parecida com o Twitter, com alguns leves toques de Facebook e que reúne os chineses em uma única rede social que é permitida pelo governo local.

Quem já ouviu falar certamente ficou curioso para saber como o Weibo funciona, mas não existe muito mistério em torno dela, que já tem perfis oficiais até de celebridades ocidentais, como Tom Cruise, Emma Watson e Mike Tyson, que querem se aproximar de seus fãs orientais.

Nascimento e popularização

O Weibo foi criado em agosto de 2009 e em 2013 já tinha mais de 600 milhões de usuários. Você pode até falar que isso é fácil em um país populoso como a China, mas o principal motivo para esse crescimento foi a disponibilização da rede social nas mais diversas plataformas, como Android, iOS, Windows Phone, Symbian, BlackBerry OS, além da versão normal para desktop.

O que mais se faz no Weibo é compartilhar conteúdo, algo muito parecido com o Facebook. A plataforma integra imagens, texto, vídeos e tudo pode ser enviado para os amigos, comentado e compartilhado com seus seguidores. É possível visualizar notícias, fazer upload de músicas, vídeos e fotos direto de seu smartphone, e enviar mensagens privadas.

aPágina inicial do Weibo

Por dentro da rede social

As postagens do Weibo são muito parecidas com as do Twitter: existe uma limitação de 140 caracteres, você pode marcar pessoas usando o símbolo @, dá para usar hashtags e até os famosos emoticons. A plataforma também permite gerar URLs curtas com a forma t.cn, muito parecida com a do Twitter, que é t.co.

Outra curiosidade sobre o Weibo é que ele possui também páginas de empresas grandes – e não só chinesas

É bom ter cuidado com os comentários: todos sabemos que a internet da China é totalmente controlada pelo governo e a censura está sempre de olho no Weibo, especialmente nos comentários. Apenas usuários registrados podem fazer comentários em postagens e é bom não falar nada que possa ser considerado politicamente desagradável na China, você pode se dar mal.

Outra curiosidade sobre o Weibo é que ele possui também páginas de empresas grandes – e não só chinesas. Você vai encontrar lá a Coca-Cola, a Louis Vuitton, a Lancome, a British Airways e até times de futebol, como o Manchester United. O Weibo certamente é o melhor jeito para divulgar um negócio na China de maneira fácil e rápida.

aPágina do Weibo que reúne interessados por séries

Como eu faço para entrar no Weibo?

Deu vontade de fazer parte do Weibo e mudar de ares um pouco? Pode ser um pouquinho difícil conseguir acessar a plataforma visto que tudo está escrito em chinês, mais precisamente mandarim. Você pode tentar usar o tradutor do Google, que faz um serviço razoável e pode ajudar você a passar pelas etapas de cadastro – que são idênticas às de outras redes sociais, sendo necessário fornecer um endereço de email ou número de celular (só serve se for da China), preencher alguns dados simples e receber um SMS de confirmação.

Por último, mas não menos importante, você sabe como se fala Weibo?

Aí você vai enfrentar um outro problema: a imensa maioria das pessoas, páginas e publicações do Weibo é em mandarim. Aí as coisas podem ser ainda mais difíceis de serem traduzidas porque dependem de contexto e interpretação e qualquer interação pode ser uma catástrofe. Se seu interesse na rede social é comercial, é bom se informar muito sobre informações legais para não ter dores de cabeça.

Ah! Por último, mas não menos importante, você sabe como se fala Weibo? Existem várias maneiras que nós, falantes do português, podemos usar para pronunciar a palavra estranha – que, por sinal, significa “microblog”, o nome dado a esse estilo de plataforma como o Twitter. A maneira correta de fato é algo que se parece com “uei-buô”. A pronuncia perfeita, falada por uma chinesa, pode ser ouvida a seguir:

Cupons de desconto TecMundo: