Twitter anunciou hoje (26) por meio de uma postagem em seu blog oficial que começou a testar um novo limite de caracteres para as mensagens que seus usuários podem postar na rede social. Em vez de 140, será possível escrever até 280 caracteres em cada mensagem. Contudo, por enquanto, os testes estão limitados a um pequeno grupo de pessoas, e ainda não sabemos quando exatamente isso poderá ser liberado para a comunidade em geral.

Segundo escreveu Aliza Rosen, gerente de produto do Twitter, essa novidade está sendo considerada porque, em determinadas línguas, é possível dizer muito mais em 140 caracteres do que em outras. No caso, as línguas privilegiadas pelo atual limite são japonês, chinês e coreano, que precisam de muito menos caracteres para escrever as mesmas mensagens na comparação com línguas ocidentais.

Para provar essa constatação, Rosen explicou que apenas uma pequena porcentagem de tweets em japonês atinge o limite atual da rede social, 0,4%. Em inglês, por outro lado, essa taxa é bem maior: 9%. Fora isso, o tamanho médio de tweets em japonês é de apenas 15 caracteres, quando em inglês chega a 34. Em outras palavras, é preciso usar o dobro de espaço no Twitter para escrever em inglês essencialmente a mesma coisa que pode ser escrita em japonês.

gráfico twitter

Para exemplificar isso, a rede social mostrou a mesma mensagem escrita em inglês, espanhol e japonês. A diferença é considerável.

twitter

Por conta disso, caso aprovado nos testes, o novo limite deve ser implementado para todos os idiomas do globo, exceto japonês, chinês e coreano. Essas econômicas línguas asiáticas continuarão limitadas a 140 caracteres, enquanto o resto do mundo passará a ter 280.

É interessante notar que esse movimento para dar mais espaço de escrita para os usuários vem acontecendo há algum tempo. As menções e indicações de respostas a outras pessoas já não contam mais no limite de caracteres, e coisas como links e arquivos de mídia também possuem tratamento especial.

Mas nos diga nos comentários o que você acha dessa mudança. Será que, em vez de textão no Facebook, passaremos a ver tweetão no Twitter?

Cupons de desconto TecMundo: