Nos últimos anos, a internet foi invadida pelas redes sociais – e não só por aquelas que fizeram sucesso mundialmente. Dentro do universo virtual, várias ideias de integração surgiram para todo o tipo de pessoa, mas nem todos são realmente úteis ou chamativos.

Longe da popularidade ou da potência de um Orkut, Facebook ou Twitter, essas redes possuem um público mais escasso, mas não deixam de despertar curiosidade. O Tecmundo preparou uma seleção com as redes sociais mais bizarras e incomuns da rede. Confira:

Só para VIPs

Talvez o membro mais famoso da lista, o Beautiful People já virou moda entre os galãs da web. A rede social segregada, que permite apenas usuários com boa estética, serve basicamente para encontrar um par ideal – e bonito, claro.

(Fonte da imagem: Beautiful People)

O cadastro é feito normalmente, mas você só é aprovado após uma série de votações feitas pelos integrantes da página, que dizem se você serve ou não para o grupo. Recentemente, o sistema mostrou que não é infalível.

Conexão animal

Seu animal de estimação está com dificuldades de encontrar um parceiro para viver um romance? Você precisa de dicas para manter um cachorro em casa? Pensando nessas dúvidas, algumas redes sociais fogem do foco humano e tentam algo mais sério do que apenas criar um perfil fake para seu bichinho.

(Fonte da imagem: Critter)

O Catster, além de integrar os felinos através de perfis, serve para responder a dúvidas e compartilhar dicas de criação. Já o Critter aceita qualquer animal e, além de artigos, fotos e vídeos, é responsável por organizar a adoção de alguns de seus membros. O Doggie Dating é ainda mais específico: organiza encontros entre cães que estejam cansados de ficar sozinhos.

Atrás das grades, mas dentro da rede

A vida na prisão não é nada fácil. Na tentativa de amenizar o cotidiano de quem está encarcerado, algumas redes sociais esquisitas surgem com várias propostas diferentes. O PrisonVoice é bem organizado e foca nas amizades que podem ser desenvolvidas. Cada presidiário tem um perfil e, em um sistema similar ao do Facebook, interage com detentos de todos os cantos dos Estados Unidos.

(Fonte da imagem: MeetAnInmate)

Já o Meet-an-Inmate é mais direto: o perfil online serve para relacionamentos entre dois presidiários ou um preso e uma pessoa em liberdade. Como vários presídios não liberam a internet, a comunicação é feita por cartas.

Pulada de cerca virtual

A página mais recente da lista virou notícia e polêmica aqui no Tecmundo: uma rede social para buscar amantes. Segundo a própria descrição do Second Love, a proposta é justamente “fugir da rotina” de um romance.

(Fonte da imagem: SecondLove)

O site tem versões para vários países, incluindo o Brasil. Para visualizar fotos e entrar em contato com as pessoas, é necessário pagar uma assinatura especial.

Eu tenho um sonho

É comum que pessoas que tiveram um sonho esquisito procurem na internet sobre o significado de algum objeto ou acontecimento presenciado no pesadelo que acabaram de ter. Alguns sites, entretanto, levam isso bem mais a sério.

(Fonte da imagem: REMcloud)O REMcloud é quase um Twitter: anonimamente ou não, você posta o sonho para que todos saibam o que aconteceu e pode até realizar uma busca de termos para procurar pessoas que presenciaram algo similar.Tem até um “Trending Dreams”, com os temas mais recorrentes.

O matchAdream é um “banco de dados” de sonhos: você posta o seu, acessa o de outros e pode até pesquisar por diferentes significados em um dicionário especializado.

Turbinada com doações

(Fonte da imagem: MyFreeImplants)Esse aqui é tão esquisito que nem parece real. As mulheres que criam um perfil no MyFreeImplants buscam apenas uma coisa: custear uma operação de implante de silicone.

Para os homens, resta apreciar as usuárias e criar um perfil de “benfeitor”, para ajudá-las com doações em dinheiro para a cirurgia. Após o sucesso da empreitada, o resultado final é postado – sem pornografia, claro. Por mais estranha que seja, a rede faz sucesso: segundo alguns depoimentos, é possível arrecadar cerca de US$ 5 mil em apenas um semestre.

Preparados para o pior

Os zumbis estão na moda e não faltam conselhos e até projetos concretos para escapar de um eventual apocalipse causado por essas criaturas, por mais improvável que pareça. Nesse caso, a internet também se mostra uma boa aliada: desde 2004, um grupo mantém vivo o Zombie  Preparedness Iniciative, uma rede social para quem deseja sobreviver após a instalação do caos por essas criaturas.

(Fonte da imagem: ZombiePreparednessIniciative)

Através de postagens de dicas, aquisições de suprimentos, equipamentos ou objetos, os humanos trocam experiências na esperança de colocar seus conhecimentos em prática algum dia.

Viciados em cantar

Cantar bem é uma arte. Se você acha que se encaixa no seleto grupo de artistas com uma boa voz, nada melhor do que mostrar seu talento em uma rede social – especialmente se for através de um karaokê.

(Fonte da imagem: RedKaraoke)

O RedKaraoke serve para postagem de vídeos para avaliação, além da possibilidade de baixar letras de música e melodias para seus próximos desafios. A lista brasileira é vasta e conta com vários artistas, de Chico Buarque até ilustres desconhecidos.

...

Listamos acima algumas das redes sociais mais esquisitas e curiosas da rede. Você já fez parte de algumas delas? Conhece alguma que deixamos de fora da seleção? Sugira outros sites nos comentários!