Os criadores originais do Siri estão trabalhando num sistema de inteligência artificial bastante robusto: o Viv. A expectativa da equipe é que o assistente consiga lidar com solicitações mais complicadas do que as perguntas feitas a assistentes da Apple ou da Google.

Os fundadores da Viv Labs são Dag Kittlaus, Adam Cheyer e Chris Brigham. Eles afirmam que um dos diferenciais do Viv é a capacidade de analisar diferentes substantivos em uma frase para responder algo relevante e útil.

E quanto aos atuais assistentes virtuais?

Os modelos atualmente existentes podem não ser capazes de responder a questões complexas ou longas. A reação mais provável do assistente virtual seria direcionar o usuário a soluções similares, mas não exatas. Se você, disser, por exemplo, que “precisa comprar uma bebida que combine com massa”, o sistema pode indicar boas bebidas apenas, não necessariamente aquelas que combinem com massa.

O Viv, no entanto, observaria as palavras “bebida” e “massa” e daria uma resposta mais precisa. A equipe de criação diz que o Viv saberá o que você quer sem que exista a necessidade de um comando específico. Por exemplo, se você disser “bêbado”, o assistente automaticamente chamaria um táxi. Ou seja, as soluções são mais inteligentes e objetivas.

A concorrência seria um entrave ao Viv, ainda mais porque a Apple disse estar trabalhando numa versão reformulada do Siri. Resta aguardar para ver o desdobramento dessa nova equipe.

Cupons de desconto TecMundo: