Se você adora o seu radinho FM para ouvir músicas, notícias ou o jogo de futebol do domingo à tarde, saiba que ele pode não durar mais tanto tempo assim. Segundo informou a Reuters, a Noruega está desligando todas as transmissões feitas por meio de Frequência Modulada no país com as rádios passando a utilizar apenas tecnologia digital.

A medida, porém, não é nenhuma novidade: foi aprovada pelo parlamento norueguês em 2011

Apesar de a medida indicar um passo rumo à modernização das tecnologias de transmissão de áudio, muita gente não gostou da ideia no país escandinavo. Segundo uma pesquisa realizada por um jornal local, 66% das pessoas são contra essa medida. Um dos maiores problemas é a grande quantidade de veículos que não possui suporte para captar o sinal digital, chamado DAB (Digital Audio Broadcasting). Cerca de 2 milhões de carros não terão mais como captar o áudio de rádios sem uma troca ou adaptação de seus dispositivos.

A medida, porém, não é nenhuma novidade: foi aprovada pelo parlamento norueguês em 2011. O projeto afirma que é um gasto desnecessário manter um sistema de FM e um digital funcionando paralelamente em um país de apenas 5 milhões de habitantes. A decisão – feita a favor da tecnologia mais moderna – fará com que todas as estações deixem de transmitir em Frequência Modulada a partir da semana que vem e todas devem estar usando o DAB até o fim de 2017.

Rádios norueguesas já transmitem 100% em sinal digital

Entrando na onda

O sistema de transmissão digital também apresenta outras vantagens, como a possibilidade da transmissão de dados que os dispositivos podem exibir visualmente

Outros países da Europa devem seguir esse caminho. A Suíça, por exemplo, tem planos de acabar com o FM até 2020. Segundo estudos, o custo de manter esse sistema de transmissão funcionando chega a ser até oito vezes mais caro do que o digital. Além disso, a qualidade de áudio no DAB é muito superior ao que pode ser ouvido em FM e, claro, AM.

O sistema de transmissão digital também apresenta outras vantagens, como a possibilidade da transmissão de dados que os dispositivos podem exibir visualmente. Isso serve para que o usuário obtenha dados sobre uma música que estiver tocando, sobre programas ou qualquer outro tipo de informação, incluindo previsão do tempo e notícias escritas.

A maioria da população da Noruega não ficou feliz com a mudança

A rádio digital no Brasil

Para variar, a tecnologia de rádio digital no Brasil ainda engatinha. Em 2009, o Ministério das Comunicações abriu uma chamada pública para avaliar as plataformas existentes e definir o que seria melhor para ser implantado no país. Entre os concorrentes, estão os sistemas norte-americano e o europeu.

Algumas estações já realizam transmissões de teste com sinal digital no Brasil

Algumas estações já realizam transmissões de teste com sinal digital no Brasil, mas ainda há muito chão pela frente até termos uma propagação de rádio considerável no país. Além da mudança de toda a estrutura de emissão de sinal, a substituição dos receptores certamente daria um trabalho imenso, sem contar o gasto financeiro. Certamente, é algo que devemos começar a ver com mais popularidade apenas em muitos anos.

Cupons de desconto TecMundo: