Como revelado nesta segunda-feira, 8 de junho, na WWDC 2015, evento para desenvolvedores de aplicativos para plataformas da Apple, a linguagem de programação Swift terá seu código-fonte aberto até o final do ano.

A plateia exaltou a iniciativa, como costuma acontecer com qualquer atitude que leve algo a se tornar open-source.

Com a abertura do código, os desenvolvedores poderão fazer modificações na linguagem conforme sua necessidade. É mais ou menos o que acontece com o sistema operacional Linux.

A linguagem Swift foi apresentada pela Apple na WWDC de 2014 e, pelo jeito, está atraindo atenção da comunidade de criadores de aplicativos. Em uma pesquisa da Stack Overflow, a linguagem da Apple teve a maior porcentagem de usuários (e que querem continuar usando).

"Achamos que o Swift é a próxima grande linguagem de programação, aquela com a qual estaremos todos fazendo aplicações e sistemas pelos próximos 20 anos", afirmou Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple. Em seu site, a companhia da Maçã considera que o Swift é o "sucessor" da linguagem C, com seu suporte à programação orientada e objetos.

Junto com a abertura do código, a Apple também anunciou o Swift 2, que traz melhorias como tratamento de erros e headers sintetizados no ambiente de desenvolvimento integrado Xcode.

Cupons de desconto TecMundo: