Qualcomm revela tecnologia com chip de celular no processador

1 min de leitura
Imagem de: Qualcomm revela tecnologia com chip de celular no processador
Imagem: Pexels

Em parceria com a Vodafone e a Thales, a Qualcomm realizou nessa terça-feira (18) a primeira demonstração pública da tecnologia Integrated SIM (iSIM). A solução integra o chip da operadora ao processador principal do dispositivo, trazendo vantagens para consumidores e empresas de telecomunicações.

O SIM integrado elimina a necessidade do slot dedicado do cartão SIM, permitindo aprimorar o design dos celulares para aproveitar o espaço livre. Com uma maior integração ao sistema, a novidade também oferece melhor desempenho e capacidade de memória ampliada.

De acordo com a fabricante dos processadores Snapdragon, outro destaque é a possibilidade de levar os recursos móveis para dispositivos além dos smartphones. Notebooks, tablets, dispositivos inteligentes, wearables e plataformas de realidade virtual são alguns dos aparelhos que podem receber serviços 4G ou 5G se equipados com o iSIM.

A tecnologia é um avanço do eSIM, abandonando definitivamente o SIM card físico.A tecnologia é um avanço do eSIM, abandonando definitivamente o SIM card físico.Fonte:  Qualcomm/Divulgação 

A tecnologia atende a todas as especificações da GSMA, entidade que representa as operadoras de redes móveis, aparecendo como uma evolução do eSIM. O chip virtual também não exige o uso de um componente físico para acessar os serviços das teles, mas acabou tendo baixa adesão de prestadoras e fabricantes.

Quando estará disponível?

Na demonstração da tecnologia iSIM feita agora, as parceiras utilizaram um telefone Samsung Galaxy Z Flip 3 5G com processador Snapdragon 888 5G, executando a solução do SIM integrado desenvolvida pela Thales. O teste incluiu ainda o uso da plataforma avançada de gerenciamento remoto da Vodafone.

“Nosso objetivo é criar um mundo em que todos os dispositivos se conectem de maneira simples e perfeita, e o cliente tenha controle total”, comentou o diretor comercial da operadora Alex Froment-Curtil. Já o representante da Qualcomm Enrico Salvatori disse que a tecnologia trará ainda mais benefícios se usada nas redes 5G.

As empresas envolvidas no teste não forneceram maiores detalhes sobre os próximos passos nem divulgaram uma previsão de quando o iSIM será lançado comercialmente.