iPad roubado de igreja é rastreado e leva polícia até suspeito

1 min de leitura
Imagem de: iPad roubado de igreja é rastreado e leva polícia até suspeito
Imagem: Cottonbro (Pexels)
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Na noite da última terça-feira (16), a polícia de East Wenatchee, cidade de Washington, nos EUA, localizou e prendeu um suspeito de roubos no mês de maio, incluindo duas igrejas. O homem de 31 anos, Joseph Lee, foi localizado graças a um iPad roubado de uma delas. Ele foi preso na Cadeia do Condado de Chelan, acusado de posse de propriedade roubada.

A informação, veiculada na rádio local NewsRadio 560 KPQ, foi repassada pelo chefe de polícia Rick Johnson. Segundo ele, o iPad foi roubado da Igreja New Song, em Grant Road, na manhã do mesmo dia. O dispositivo foi rastreado graças ao sistema "Buscar", da Apple, disponível para a maioria dos eletrônicos da marca.

Segundo Johnson, o suspeito foi encontrado em uma residência após investigação e da ligação com "alguns roubos e assaltos recentes em nossa área no último mês". No total, considerando cinco vítimas diferentes, foram recuperados aproximadamente US$ 10 mil (cerca de R$ 51 mil, em conversão direta) em itens.

Por outro lado, os policiais não recuperaram o iPad roubado que foi rastreado até a residência. Foram encontrados dois computadores da Apple, laptops de outras marcas, equipamentos de construção e outros itens, que teriam sido roubados em quatro outras ações.

Casos semelhantes já foram reportados no passado. No início do ano, o caso de um iPhone 11 localizado pela polícia após ser roubado também foi divulgado. No serviço da Apple, os usuários podem, além de localizar dispositivos, bloquear iPhones, iPads, Macs e outros remotamente.

iPad roubado de igreja é rastreado e leva polícia até suspeito