Celulares Samsung terão GPU AMD para jogos com ray tracing

1 min de leitura
Imagem de: Celulares Samsung terão GPU AMD para jogos com ray tracing
Imagem: Samsung/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A AMD confirmou nesta terça-feira (1°), durante a Computex 2021, que o novo processador Exynos 2200, da Samsung, terá gráficos RDNA2, a arquitetura mais recente da empresa. Segundo a CEO da fabricante norte-americana, Dra. Lisa Su, o resultado da parceria com a sul-coreana será revelado ainda neste ano.

Conforme a executiva da AMD, a parceria com a fabricante de celulares permitirá "trazer gráficos personalizados IP [propriedade intelectual] para o próximo SoC móvel do flagship da Samsung, com ray tracing e sombreamento de taxa variável". Em outras palavras, a ideia é trazer gráficos com maior fidelidade e eficiência de energia aprimorada.

A arquitetura RDNA2 da nova GPU, que chegará pela primeira vez aos dispositivos móveis, é a mesma utilizada nas unidades de processamento da nova série de placas de vídeo Radeon 600 da AMD, e até no PS5 e Xbox Séries X.

O "casamento" com a AMD permitirá que os Exynos da Samsung deixem para trás a fama de serem fracos em desempenho de jogos e gráficos. A tecnologia RNA presente na GPU da AMD promete fazer com que o Exynos 2200 possa enfrentar de igual para igual o chipset M1 da Apple, que equipa o novo iPad Pro.