Huawei anuncia Kirin 985, novo processador 5G de 7nm

1 min de leitura
Imagem de: Huawei anuncia Kirin 985, novo processador 5G de 7nm
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (15), a Huawei anunciou o novo chipset Kirin 985, mais um SoC da empresa com suporte a conexão 5G — o terceiro até o momento. O dispositivo será produzido nas fábricas da TSMC.

Sendo o Kirin 985 uma versão mais econômica que o Kirin 990, ele utiliza o processo de fabricação de 7 nm e acompanha um módulo para rede 5G, além das convencionais 2G, 3G e 4G. No papel, o módulo de conectividade do Kirin 985 é capaz de alcançar 1277 Mbps de taxa de download e 173 Mbps de upload, tornando-o 40% mais rápido que o Snapdragon X55 em downloads e 75% em uploads.

Sem detalhar suas frequências, a Huawei revelou que há oito núcleos no Kirin 985 — um poderoso núcleo principal, três núcleos intermediários e outros quatro auxiliares — complementados pela GPU octa-core Mali-G77. Em benchmarks apresentados, puderam identificar um núcleo Cortex-A76 (2,58 GHz), três núcleos Cortex-A76 (2,4 GHz) e outros quatro Cortex-A55 (1,84 GHz).

Modelo base da linha Honor 30 será o primeiro com o Kirin 985Modelo base da linha Honor 30 será o primeiro com o Kirin 985Fonte:  GizmoChina/Reprodução 

Além deles, o SoC também contará com uma unidade NPU AI dual-core e uma unidade de imagem ISP 5.0, muito parecida com a que é usada no Kirin 990, tornando-os quase equivalentes em termos de performance.

Ademais, a fabricante afirma ter alcançado um novo nível de eficiência energética com seu módulo 5G, consumindo 504 mA em cenários de maior tráfego e 291 mA quando ocioso. O anúncio oficial também promete utilização de 5G em smartphones dual-SIM, além da compatibilidade com 5G de baixa latência, 5G focado em economia de energia e 5G de alta velocidade.

Na mesma apresentação, a Huawei anunciou a linha Honor 30, cujo modelo base será o primeiro smartphone que contará com o processador Kirin 985 — enquanto os modelos mais parrudos da linha serão equipados com o Kirin 990. Além dele, também podemos esperar a presença do CPU no próximo Huawei Nova 7.

Os smartphones anunciados já estão disponíveis para pré-venda na China e chegarão às prateleiras no dia 21 de abril.

Huawei anuncia Kirin 985, novo processador 5G de 7nm