Apple Watch ainda domina, mas Samsung cresce mais em smartwatches

1 min de leitura
Imagem de: Apple Watch ainda domina, mas Samsung cresce mais em smartwatches
Avatar do autor

O mercado de relógios inteligentes continua aquecido, e a Apple ainda é soberana neste segmento. De acordo com números da Strategy Analytics, as vendas de smartwatches cresceram 42% no último trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, e mesmo com a Samsung surpreendendo, a Maçã ainda é a líder no setor.

Segundo os dados da consultoria, cerca de 14 milhões de smartwatches foram vendidos mundialmente no terceiro trimestre de 2019. Deste total, 6,8 milhões foram unidades do Apple Watch, que ganhou o título de relógio inteligente mais vendido no período. Com o sucesso de seu principal produto nesse segmento, a dona dos iPhones garantiu uma fatia de 47,9% do mercado.

A Samsung, segunda colocada na indústria dos smartwatches, teve um belo crescimento anual e viu suas vendas aumentarem 73% em comparação ao mesmo período do ano passado. Ainda assim, a companhia ficou longe de sua principal rival: a sul-coreana teve 1,9 milhões de relógios inteligentes vendidos no trimestre, o que foi suficiente para abocanhar um market share de 13,4%.

Fitbit cai, mas também cresce

Enquanto os números da Samsung não são tão expressivos em comparação às vendas da Apple, os resultados acabaram ajudando a companhia a ganhar espaço da Fitbit, que ocupa a terceira posição no mercado de relógios inteligentes. A fabricante que foi adquirida pela Google recentemente perdeu terreno no segmento e teve sua participação de mercado caindo de 15% para 11,3%.

Mesmo com a participação negativa, a firma conseguiu se sair bem nas vendas: a expansão do mercado como um todo foi tão grande que a Fitbit comercializou 1,6 milhões de dispositivos nos últimos três meses, tendo crescimento de 7% em comparação ao ano passado. Agora que está embaixo da asa da Google, quem sabe a startup consiga mais investimentos para ganhar força no segmento.

Com essa grande mudança na gerência da Fitbit, resta agora esperar para ver quais são os próximos passos da Google com a empresa. Afinal, com gigantes como a Xiaomi entrando com tudo no segmento de smartwatches, a tendência é que a competição fique cada vez maior.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple Watch ainda domina, mas Samsung cresce mais em smartwatches