Xiaomi Mi Watch é apresentado com Wear OS e preço competitivo

2 min de leitura
Imagem de: Xiaomi Mi Watch é apresentado com Wear OS e preço competitivo
Avatar do autor

A Xiaomi apresentou hoje oficialmente o relógio inteligente Mi Watch, que chega em duas variantes trazendo sistema operacional Wear OS e preço competitivo. Apesar de a companhia chinesa ser bastante conhecida no setor de vestíveis, este é o primeiro smartwatch a carregar a marca e o sistema operacional feito pela Google.

Trazendo um design que lembra o Apple Watch, o relógio inteligente vem com um painel quadrado de 44 mm com tela AMOLED de 1,78 polegadas e densidade de pixels de 326 ppi. O modelo conta com botões laterais e virá com dois designs: uma versão em alumínio e outra com componentes em aço inoxidável.

(Fonte: Engadget/Reprodução)

Em seu interior, o Mi Watch conta com um processador Qualcomm Snapdragon Wear 3100 4G, 1 GB de memória RAM e 8 GB de armazenamento. A bateria é de 570 mAh e promete até 36 horas de autonomia. Além de trazer sensores essenciais para um vestível, como medidor de batimentos cardíacos, Wi-Fi, GPS e Bluetooth, o produto da Xiaomi também possui alguns extras interessantes.

Suporte para ligações

O Mi Watch vem com suporte para NFC, para a realização de pagamentos por aproximação, e também tem um eSIM, um chip virtual para operadoras. Além disso, o relógio inteligente conta com dois microfones, que permitem gravar mensagens e realizar ligações diretamente no pulso. A Xiaomi também colocou uma caixa de som na lateral do dispositivo, assim, é possível ouvir música ou chamadas mesmo sem um fone de ouvido.

(Fonte: Engadget/Reprodução)

A presença do Wear OS também garante ao smartwatch uma grande quantidade de aplicativos. Segundo a fabricante, mais de 40 apps populares na China já estão otimizados para o relógio, incluindo TikTok e QQ Messenger. O smartwatch também virá equipado com a interface MIUI for Watch, trazendo a assistente de voz XiaoAI.

Preço e disponibilidade

(Fonte: Engadget/Reprodução)

O Mi Watch já está sendo vendido pela Xiaomi na China, mas ainda não tem previsão de chegar em outros mercados. Por outro lado, como a empresa costuma vender seus dispositivos em e-commerces online, a tendência é que o relógio inteligente apareça em lojas virtuais com a opção de importação em breve.

Quanto aos preços, a versão de alumínio do Mi Watch custa 1.299 yuan, cerca de R$ 743 em conversão direta. Já a edição de aço inoxidável chega por 1.999 yuan, aproximadamente R$ 1.145 na nossa moeda. Considerando que o Apple Watch Series 5 está disponível por aqui com valores na casa dos R$ 4 mil, com certeza a solução da Xiaomi vai entrar no radar de muitos consumidores.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Xiaomi Mi Watch é apresentado com Wear OS e preço competitivo