Suprindo expectativas, a AMD acaba de anunciar que lançará ainda neste ano sua nova linha de placas de vídeo, cuja chegada iminente ganhou rumores quando a produção dos chips 7 nm foi transferida para TSMC.

Os modelos Navi são baseados em aprimoramentos da arquitetura Vega — presente nas placas lançadas em 2017. O novo processo de fabricação abre portas para aprimoramentos generosos. Frequências mais rápidas, consumo de energia mais eficiente e maior largura de banda são as primeiras mudanças aguardadas para a nova geração.

Durante a Computex, em junho deste ano, a AMD disponibilizou demonstrações do chip gráfico Vega 20, baseado no processo de fabricação de 7 nm, equipado com 32 GB de memória HBM2 — indicando que o novo chip estava no fim da fase de desenvolvimento.

Espera-se que as primeiras placas sejam destinadas para machine learning e inteligência artificial, mas o Time Vermelho já garantiu que existem planos para o segmento gamer.

Anúncios por todo lugar

Os últimos meses foram repletos de anúncios. A Intel lançou um teaser das placas de vídeo, e seu cronograma indica que os processadores de 10 nm chegarão em 2020. A NVIDIA, por outro lado, lançou e abriu pré-venda para suas placas de Arquitetura Turing, destinadas ao uso doméstico.

Para 2019, aguarda-se o lançamento da nova geração de processadores Ryzen com microarquitetura Zen 2, utilizando o mesmo processo de fabricação das placas Navi.