A Huawei vem trazendo patamares interessantes para o mercado de smartphones, especialmente em termos de poder de câmeras e processamento. E agora, uma suposta aparição do Mate 20 mostra um pouco do arsenal em desenvolvimento pela companhia chinesa: dados vazados pelo site oriental CNMO exibem uma quebra de recorde no teste de benchmark AnTuTu, com nada menos do que 356.918 pontos — para ter uma ideia, o Mate 10, que já traz configurações impressionantes, chega a 213.750 pontos na mesma lista.

Como a Huawei lançou recentemente vários top de linha com o processador Kirin 970 — Mate 10, Mate 10 Pro, Mate 10 Porsche Design, P20P20 Pro —, além dos vindouros Mate RS Porsche Design  e Honor V10, especula-se que o Mate 20 já tenha seu sucessor, o Kirin 980. Como de praxe, a empresa lançaria esse produto em outubro.

ANTUTU mate 10 huawei

A possível explicação para essa brutalidade seria a chegada da construção de componentes a partir de semicondutores de 7 nanômetros, tendência que deve ser difundida a partir desta temporada — e isso significa mais potência em menos espaço. A grande surpresa aqui fica por conta do adiantamento dessa novidade, pois o mercado espera que a Qualcomm revele o primeiro dessa fornada, o Snapdragon 855, apenas no final deste ano.

Boatos dizem que novo poder será destinado a inteligência artificial

Mas o que fazer com tanta capacidade de processamento? Bem, ao que tudo indica, a Huawei deve investir em uma nova geração de seu núcleo de processamento neural (ou Neuronal Processing Unit — NPU), juntamente com núcleos Cortex A75. Não é novidade para ninguém que a companhia chinesa venha apostando em uma poderosa inteligência artificial (IA) como diferencial para seus produtos e o Kirin 980 pode assegurar uma grande vantagem competitiva nesse setor.

O Mate 20 teria display de 5,9 polegadas em AMOLED e resolução Quad-HD+ e memória RAM de 6 GB a 8 GB, com 128 GB a 256 GB de armazenamento interno. As câmeras podem trazer uma atualização da dupla traseira (12 MP RGB e 20 MP monocromáticos) e da frontal (8 MP) do Mate 10 — ou até um grande upgrade, com o que vimos na câmera tripla do P20 Pro . Uma outra novidade seria a presença da conectividade Bluetooth 5.0, que permite a ligação com múltiplos aparelhos. E isso tudo, claro, precisaria de uma grande autonomia de bateria.

huawei kirin 970

Vale destacar que todas essas informações são baseadas em rumores de bastidores e se algo disso tudo realmente começar a fazer sentido, podem ter certeza que mais dados chegarão à web muito em breve, já que outubro não está tão longe assim.