Huawei já vinha buscando o reinado entre as opções de câmeras em smartphones com a família P8P10 e agora, com a câmera tripla do P20 Pro, ela garantiu uma vantagem competitiva sobre os concorrentes. No teste independente de medida de qualidade de imagens DxOMark, a novidade simplesmente deixou para trás os principais rivais da SamsungGoogle e Apple.

A pontuação da companhia chinesa alcançou nada menos do que o patamar de 114, bem acima dos 99 do Galaxy S9, dos 98 do Pixel 2 e dos 97 do iPhone X. A vantagem do P20 Pro é ter um sensor monocromático e outro colorido e mais uma teleobjetiva dedicada — tudo isso acompanhado da estabilização de imagens baseada em inteligência artificial (IA).

Vantagem técnica assegura o topo

O P20 Pro possui uma câmera RGB de 40 megapixels (f/1.8), uma monocromática de 20 megapixels (f/1.6) e mais uma teleobjetiva de 8 megapixels (f/2.4). Isso garante um zoom híbrido de 5x e zoom óptico puro de 3x — maior do que os flagships da Apple e da Samsung, que chegam a 2x — pode ser alcançado graças à fusão dos dois principais sensores.

dxomark

A resolução nativa de 8 megapixels da teleobjetiva pode ser escalada a 10 megapixels quando alinhada com a câmera principal, com auxílio do autofoco assistido por laser e detecção de fase. A lente monocromática ajuda a compor a profundidade da captação.

De acordo com relatos de hands-on da PCMag, o P20 Pro conseguiu um ótimo desempenho em quatro segundos de exposição, devido à estabilização da IA. A captação em câmera lenta também arrancou elogios, a 960 fps e em sequências de 720p e de 4K de resolução.

Cupons de desconto TecMundo: