Sempre que falamos em GPUs, tanto para smartphones quanto para computadores, a primeira aplicação que vem à cabeça de muita gente é: games. Não dá para negar que as unidades de processamento gráfico são mesmo em grande parte desenvolvidas para que você possa se entreter com Overwatch, Breath of the Wild ou mesmo Candy Crush, mas elas também são usadas para uma infinidade de outras coisas que podem ser consideradas “mais nobres”.

Isso quer dizer que, ao passo que você encontra uma GPU no PS4, um chip similar pode estar ajudando um avião a voar mais seguro. Enquanto você joga algum game em um Galaxy S8, por exemplo, uma pessoa pode estar sendo examinada em uma clínica por meio de um chip desenvolvido com essencialmente o mesmo propósito. As aplicações, naturalmente, diferem, mas a essência continua ali.

Por isso, a gente resolveu reunir alguns casos de aplicações curiosas de GPUs na vida cotidiana das pessoas que, em boa parte das vezes, passam despercebidas.

Publicidade

Um bom primeiro exemplo para essa lista são os painéis eletrônicos que adornam a Times Square em Nova York. Todos aqueles telões contam com GPUs que fazem um papel central em seu funcionamento. Afinal, aquilo não passa de um monte de monitores gigantescos de alta resolução. Alguns deles utilizam placas gráficas da AMD ligadas em série por meio do módulo de sincronização FirePro S400. De acordo com a AMD, esses painéis contam com a tecnologia Eyefinity, desenvolvida para alimentar até 18 seções de tela, cada uma com resolução de até 10048x2368 pixels.

times square

Automobilismo

Praticamente todo carro autônomo ou semiautônomo em desenvolvimento hoje precisa de alguma plataforma computacional criada em torno de GPUs. Depois de alguns anos de pesquisa, a NVIDIA lançou a sua linha de placas Drive PX, que estão presentes inclusive nos carros da Tesla.

tesla

Apesar de nenhum veículo 100% autônomo estar sendo comercializado no mundo hoje, isso não é exatamente culpa de algum gargalo de hardware. Essas GPUs especiais desenvolvidas pela NVIDIA são capazes de fazer um veículo se mover sozinho pela cidade, mas o software para que isso seja possível ainda não está completamente adequado para o uso no mundo real por questões de segurança.

Medicina

Sistema de imagem para fins médicos, como ultrassons, também contam com GPUs integradas para conseguir gerar exames com qualidade para avaliação de um profissional de saúde. A AMD explica que suas Radeon HD 7850 são utilizadas em equipamentos como o BK Ultrasound BK3000 em várias partes do mundo. A tecnologia disponível para o sistema de ultrassom é utilizada para urologia, cirurgia, tratamento de imagens em geral e aplicações de orientação de procedimento.

bkultrasound

Aviação

Boeing é outra empresa relativamente inesperada que utiliza GPUs em seus produtos. A fabricante usa chips da AMD e da CoreAVI para processar dados colhidos pelos diversos sensores e pelas câmeras presentes em um avião. A ideia é ganhar mais segurança, eficiência e ter estatísticas mais palpáveis sobre os voos de suas aeronaves.

boeing

Sua casa

Você certamente não duvida que seu smartphone e seu computador possuem uma GPU. Mas elas estão em outras aplicações domésticas também. Se você tem uma daquelas geladeiras mais modernas, que possuem um display interativo, tenha certeza que esse eletrodoméstico vem com uma GPU. Smart TVs e Chromecasts também possuem esse tipo de chip, mas eles normalmente são embutidos no módulo principal do dispositivo.

chromecast

No caso dos Chromecasts, os chipsets, que embarcam processador, GPU e modems para conectividade sem fio, são fabricados pela Marvell. As duas primeiras gerações do Chromecast inclusive usam variantes do ARMADA 1500 Mini, mas a fabricante não dá detalhes sobre a GPU em específico.

Notícias

A Associated Press, uma das agências de notícias mais importantes do mundo, está trabalhando com a AMD para construir um novo canal de realidade virtual para a próxima geração do jornalismo e fazer as pessoas sentirem que estão dentro das notícias.

A ideia é que, eventualmente, equipamentos de VR possam ser utilizados não apenas para entretenimento, mas também para informação. Uma pessoa conseguiria visitar uma zona de guerra do outro lado do mundo e ver em detalhes o que de fato está acontecendo no local, sem depender de um recorte específico mostrado pela câmera comum. Em outras palavras, as pessoas poderão ver o mundo sem cortes. A AP quer começar a produzir notícias e documentários com vídeo em 360° e vai precisar de muitas GPUs para isso.

vr

Naturalmente, existem outros casos de uso muito mais comuns que não precisamos mencionar aqui, assim como há também outras aplicações ainda mais exóticas para GPUs pelo mundo. Por isso, se você acha que nós deixamos alguma coisa importante de fora, compartilhe com os demais leitores na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: