O Pixel 2 foi anunciado oficialmente nesta quarta-feira (04) e já vem encantando muita gente por aí. Uma das razões é a performance de sua câmera traseira: como a peça de 12 megapixels consegue superar até mesmo a dupla do iPhone 8 Plus? A resposta está na otimização do hardware e do software já existente.

Processo inclui o uso da máquina de aprendizado e algoritmos poderosos

O novo smartphone da Google usa um sensor menor do que seu sucessor, que é capaz de cobrir um alcance dinâmico ainda melhor. O que ajudou bastante a chegar a esse resultado foi um minúsculo motor que ajuda na estabilização das lentes. Assim, o chamado HDR+ (high dinamic range plus) consegue obter imagens nítidas mais facilmente mesmo quando a luminosidade de um céu escuro ou a falta de estabilidade desfavorecem um bom resultado.

pixel 2 câmeraImagens com baixa luminosidade são "corrigidas" pelo aparelho

Esse processo inclui o uso de poderosos algoritmos para análise de figuras e, resumidamente, o aparelho escolhe os melhores modelos dos vários que captou para reunir o que entende ser um bom padrão de foto. Com isso, a companhia consegue fazer com que um pequeno gadget aja como algo mais sofisticado.

Portrait Mode

Outro grande destaque da câmera do Pixel 2 é o chamado Portrait Mode, que também usa algoritmos e, em especial, os recursos da máquina de aprendizado. Ao longo dos anos, a companhia vem testando vários modelos para compreender em uma imagem o que faz parte do plano principal e secundário de uma fotografia.

Modo Retrato permite "desfocar" automaticamente o fundo

A tecnologia Dual Pixel já existe desde 2013 e, basicamente, usa a captação de dois pixels para melhorar o autofoco das máquinas digitais. A Google levou isso a outro patamar, fazendo com que os dados processados por sua inteligência artificial possam trabalhar em conjunto para criar um mapa de profundidade capaz de montar uma “máscara” nos contornos de uma pessoa ou de um objeto em destaque.

Pixel 2 câmeraVeja que o fundo foi desfocado, assim como acontece com as lentes de máquinas profissionais

É assim que esse Modo Retrato é capaz de emular dispositivos e lentes mais potentes, separando você de uma estante ao fundo, com o desfoque no cenário. Legal, não? Há outros “truques” de otimização, como a correção de gama e de cores primárias (azul, vermelho e verde, ou blue, red e green, o famoso RGB) e assim a companhia de Mountain View prova que nem sempre a quantidade supera um produto caprichado nos mínimos detalhes.

Confira um vídeo sobre o Portrait Mode:

Cupons de desconto TecMundo: