Google apresentou ao mundo hoje (04) a nova geração dos seus smartphones, os Pixel 2 e 2 XL. O design desses smartphones é praticamente idêntico ao que você já viu nos incontáveis vazamentos e rumores acerca desses produtos nos últimos meses. O Pixel 2 XL acaba sendo o aparelho que todo mundo estava esperando de fato por conta da sua tela maior, mais comprida e de cantos arredondados. As bordas em volta desse display são mínimas, mas ainda sobrou espaço para a Google incluir dois alto-falantes frontais para som estéreo.

O Pixel 2 comum também conta com esse mesmo esquema de áudio, mas traz uma tela mais simples. Em vez da resolução 2K do irmão maior, ela vem com o Full HD tradicional. O aspecto desse display também remete aos modelos anteriores da Google, com o padrão 16:9 em vez do novo 18:9 que o Pixel 2 XL está trazendo. Ele também vem com largas bordas volta do visor. Ademais, os dois novos celulares da Google são praticamente idênticos, desconsiderando a questão do tamanho, naturalmente.

Ainda sobre o design, os novos celulares contam com uma carcaça feita praticamente toda em metal, com apenas uma “janelinha” de vidro na parte superior traseira. Em algumas das cores em que o celular será vendido, o botão power tem um tom destacado. O leitor de digitais permanece mais ou menos na mesma posição que esteve na geração passada dos Pixel, o que vai agradar muita gente.

O plugue para fones de ouvido que ano passado foi motivo para alfinetada nos iPhones, agora desapareceu dos Pixels

Não foi confirmado pela Google, mas parece que o Pixel 2 XL foi fabricado pela LG e estaria trazendo essencialmente o mesmo display do LG V30. O Pixel 2 menor teria sido fabricado pela HTC, que recentemente teve sua divisão mobile adquirida pela Google. Espera-se que, com isso, a gigante das buscas se torne também a gigante do hardware mobile.

Falando em hardware, a Google destacou bastante a qualidade dos displays OLED. O modelo maior conta com 6’’, mas, como foi aplicado um aspecto diferenciado, ele não é tão grande assim. o celular menor vem com 5''.

É interessante mencionar que os dois novos celulares contam com certificação IP67 para resistência a água e poeira, mas não são à prova de água como o Galaxy S8. O plugue para fones de ouvido que ano passado foi motivo para alfinetada nos iPhones, agora desapareceu. Só há uma conexão USB-C na parte de baixo. Como a Google lançou seu próprio par de fones de ouvido sem fio no mesmo evento, talvez a empresa acredite que essa limitação não é um problema de fato.

Estranhamete, a Google não mais detalhes de hardware. De qualuquer forma, o chipset em ambos os celulares deve ser o Snapdragon 835.

Câmeras

Diferente do que tem sido a moda no mercado de smartphones, os novos celulares da Google não chegarão ao mercado com um sistema duplo de câmeras na traseira. Em vez disso, temos o tradicional sensor único na parte de traz. São 12,2 MP com estabilização óptica e abertura f/1.8. As câmeras de selfie nos dois telefones são exatamente as mesmas que os equipam na parte de trás. Além disses detalhes, a Google não deu muitas informações técnicas sobre esse hardware.

O que sabemos é que, segundo a avaliação do DxOMark, esta é a melhor câmera mobile do mundo, tento atingido 98 pontos na escala dessa publicação para qualidade de vídeo e foto (melhor que as notas dos novos iPhones 8 e 8 Plus). Ao que parece, o celular foi enviado ao DxOMark antes do lançamento para que a Google pudesse anunciar a nota durante o evento.

A Google ainda falou sobre o HDR+ melhorado, bem como do seu novo esquema para foco automático, recursos que devem fazer as imagens do Pixel 2 e 2 XL terem uma aparência realista e sem muita discrepância entre as áreas mais escuras e mais claras.

Mesmo tendo apenas um sensor na parte de trás, a Google conseguiu entregar um bom modo retrato nesse smartphone. Como a câmera foi construída no padrão Dual-Pixel, em que cada pixel do sensor tem um gêmeo e captura as imagens de uma perspectiva micrometricamente diferente. Com essa diferença e com os recursos de inteligência artificial do celular, a Google conseguiu entregar um desfoque capaz de evidenciar a profundidade no campo da imagem e, com isso, desfocar a parte de trás. A novidade funciona para pessoas, animais e também objetos inanimados. Esse recurso está disponível tanto para a câmera de trás quanto para a da frente.

modo retrato google pixel 2

Outro detalhe interessante: a empresa afirmou que os novos Pixels são os primeiros smartphones do mundo a usar estabilização óptica e por software ao mesmo tempo para a captura de vídeos. Com isso, os resultados devem ser melhores do que os dos concorrentes, mas é necessário testar isso em condições reais para ver se realmente há uma diferença.

O app de câmera dos novos Pixels ainda conta com uma série de recursos interessantes, como a possibilidade de tirar “Live Photos”. Além do mais, quem comparar um desses aparelhos terá armazenamento ilimitado em resolução máxima no Google Fotos, tanto para imagens estáticas quanto para vídeo, mesmo em 4K. Segundo a Google, como os usuários dos Pixels atuais tiram duas vezes mais fotos em média do que os usuários de iPhones, levaria apenas  3 meses para que eles acabassem com todo o espaço de seus iClouds e tivessem que começar a pagar.

Software

Como sempre, o software da Google é um destaque. O Android, naturalmente, é o Oreo 8.0 puro. A Interface não do sistema não será tão diferente desta vez, mas a barra de buscas da Google mudou para o fundo da tela e está entre os botões de navegação do sistema e o ícones persistentes do dock .

Uma novidade legal é o recurso Active Edge, que permite ao usuário apertar as bordas do celular e invocar o Google Assistente. Esse software também ficou mais inteligente e, agora, conta com “rotinas” personalizáveis. Dessa forma, é possível dar um comando simples e receber várias respostas atualizadas que você escolheu previamente.

google lens

Google Lens finalmente estará de forma oficial em um celular, chegando em fase de testes nos novos Pixels. Com isso, as pessoas podem usar a câmera do celular para reconhecer escrita em praticamente qualquer língua, fazer traduções, encontrar contextos, reconhecer pessoas famosas e obter informações presentes em cartazes e por aí vai. Apesar de ser beta, a empresa afirma que o software já tem 95% de precisão em seus resultados.

Colocar alguns personagens de Stranger Things para interagir com pessoas ou com eles mesmos

Também foram demonstradas algumas novidades do ARCore, o SDK para realidade aumentada da Google. É possível, por exemplo, colocar alguns personagens de Stranger Things para interagir com pessoas ou com eles mesmos. No evento, a Google mostrou a Eleven acabando com a raça do Demogorgon ao vivo. Segundo a fabricante, as câmeras dos Pixel 2 foram especificamente personalizadas para realidade aumentada e podem gerar imagens em 60 quadros por segundo para esse tipo de interação.

É interessante ainda comentar sobre o novo display aways on. Ele conta com informações mais resumidas, mostrando hora e alguns ícones para o usuário conferir suas mais importantes notificações, mas agora também mostra algo a mais: quando houver alguma música tocando no ambiente, mesmo sem o você pedir, os novos Pixels mostram no display aways on o nome da faixa e do artista. A Google explica que essa novidade não compromete a autonomia de bateria.

google pixel 2 arcore

Disponibilidade

Os novos Pixel não devem chegar ao Brasil de forma oficial, mas, nos EUA, eles já estão em pré-venda. O modelo menor, o Pixel 2, custará US$ 649, o equivalente a R$ 2.029 na cotação atual desconsiderando impostos. Isso para a versão de 64 GB, a de 128 GB sairá por US$ 749 (R$ 2,3 mil). Esse modelo será vendido em preto, branco e “meio azul”. Já o Pixel 2 XL terá o preço inicial de US$ 849 (R$ 2,6 mil) para a versão de 64 GB. Quem quiser 128 GB terá que desembolsar US$ 949 (R$ 2,9 mil). O modelo maior fica apenas no preto e no branco. As entregas começam nos EUA no dia 17 de outubro, e quem comprar antes do dia 19 desse mês poderá ganhar um Google Home mini de presente.

Cupons de desconto TecMundo: