No início de dezembro, rumores sobre problemas de superaquecimento do Snapdragon 810 começaram a surgir, e a Qualcomm prontamente negou a existência de qualquer problema. Porém, novos relatos de defeitos continuam a aparecer.

De acordo com o jornal Korea Times e os analistas do JP Morgan, existe sim um problema de superaquecimento no processador Snapdragon 615 e, principalmente, no Snapdragon 810. A fonte desta falha estaria nos cores Cortex-A57.

Supostamente, ao passar de 1,4 GHz e entrar no modo “performance beast”, os cores aquecem demais e causam um problema sério de “throttling” (diminuição da atividade), que limita bastante o desempenho gráfico. Além disso, os testes feitos pelo Geekbench apontaram que a taxa de clock do Snapdragon 810 é menor que a do 805, e também foram notados problemas de controle de memória.

Aparelhos afetados

Os analistas Gokul Hariharan, Rahul Chadha e JJ Park estimam que a Qualcomm e a TSMC (empresa responsável por fabricar o Snapdragon 810) terão que atrasar a produção em massa e gastar pelo menos três meses entre prototipagem e redesenho das partes de metal do chip, incluindo a camada protetora.

Se a previsão dos analistas se confirmar, o processador não estará pronto até pelo menos maio de 2015, podendo atrasar a produção do Galaxy S6 e LG G4. Talvez o caso mais preocupante seja o do G Flex 2, que foi anunciado há cinco dias e supostamente seria vendido a partir do fim de janeiro na Coreia do Sul.

Possíveis alternativas

A Samsung pode optar por usar seu próprio Exynos SoC no lugar do Snapdragon 810 e evitar o atraso no lançamento do Galaxy S6, mas, segundo o G for Games, é provável que isso cause uma disponibilidade limitada dos aparelhos, pelo menos no começo.

Outras empresas podem ser forçadas a esperar até que o 810 seja melhorado ou tentar negociar com outras fabricantes, como a NVIDIA ou a MTK.

É importante lembrar que, quando foi anunciado, o Snapdragon 810 estava previsto para sair com aparelhos que seriam lançados no mercado a partir de junho de 2015. Talvez a pressa para lançar o novo processador tenha prejudicado a produção da Qualcomm.

Cupons de desconto TecMundo: