A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) entregou ao atual presidente Michel Temer um smartphone Android com o sistema criptografado. O aparelho mais seguro chega no momento que Temer é investigado por três crimes no Supremo Tribunal Federal (STF): corrupção passiva, obstrução à investigação de organização criminosa e participação em organização criminosa.

  • O presidente Michel Temer está sendo investigado após a divulgação de uma conversa com Joesley Batista, dono da JBS, que gerou um escândalo no governo brasileiro

Sobre o smartphone, ainda não temos mais informações, apenas que o sistema operacional é Android e que conta com uma criptografia desenvolvida pela própria ABIN, ou seja, totalmente nacional. A criptografia protege aparelhos e contas de invasões, e o Estadão ainda comentou que os ministros que desejarem poderão receber o mesmo tipo de aparelho.

Cupons de desconto TecMundo: