Phishing é um tipo de fraude eletrônica muito comum na web em que o criminoso tenta enganar sua vítima para obter informações sigilosas. Ao que parece, sites governamentais estão entre os preferidos dos hackers para realizar esse tipo de crime. Além do mais, sites dos governos municipais e estaduais brasileiros são os que mais registraram essas fraudes entre 2013 e 2014.

Um levantamento feito pelo Cyveillance mostrou que, nesse período, páginas na web terminadas em “.gov.br” foram comprometidas 26 vezes entre setembro do ano passado e o mesmo mês deste ano. Minas Gerais e Santa Catarina foram os estados com maior número de ocorrências, registrando oito e seis ataques respectivamente.

Número de ataques por país em %

Nenhum site do governo federal foi comprometido por phishing nesse período e, dos 26 registros, 12 eram provenientes de prefeituras e seis de câmaras municipais. A cidade de Itajaí, em Santa Catarina, foi a mais atingida.

China e Rússia

Além do Brasil, a China também foi um dos países com mais ataques registrados no período, com 24 ocorrências. Juntando essas duas nações, temos praticamente um quarto de todos os ataques de phishing a sites governamentais registrados em um ano. Curiosamente, a Rússia nem aprece na lista, e, como foi lembrado pelo próprio Cyveillance, o país é conhecido pelo alto número de cibercriminosos.

Mesmo esses dados sendo considerados bastante sólidos, o site comenta que não é possível encará-los como verdade absoluta. Muitos países de língua espanhola usam terminologias “.gob” (que não foram analisadas) e não “.gov”, e existem também algumas outas variações. Sendo assim, os resultados relativos podem não refletir a realidade de forma completa.

Cupons de desconto TecMundo: