Você provavelmente conhece bem o Chromecast, aquele dongle que fica "pendurado" no televisor e permite que você transmita conteúdo de seu computador para a tela maior. Já a Google Cast, que pode ser "desconhecida", é uma tecnologia que permite a mesma coisa — mas sem a necessidade de um dongle. Agora, a Philips acabou de detalhar mais a nova linha de TVs 6000 Series, e ela traz essa tecnologia da Google.

"O Google Cast é uma tecnologia que permite a você transmitir seus apps e seu entretenimento favorito de um smartphone, tablet ou laptop para a TV ou para caixas de som", tudo isso sem precisar conectar cabos HDMI ou similares. É possível, por exemplo, reproduzir o Netflix ou o YouTube na TV por meio do botão "Cast" no smartphone ou navegador.

A série 6000 da Philips possui televisores com resolução 4K (3840x2160), tecnologia HDR (High Dynamic Range) e Absolut3D que deve melhorar o áudio com mais detalhamento e ambiência, segundo a fabricante.

TV 4K Philips

Sobre portas e formatos, praticamente tudo que há de melhor em televisores tops de linha foi colocado na série: HDMI 2.0 (HDCP 2.2), USB, conexão Wireless LAN 802.11ac (MIMO) e o suporte JPEG, MP3, AAC, H.264 e HEVC nativos.

6000 Series

A Philips está vendendo quatro modelos de TVs dentro dessa linha: 43", 49", 55" e 65". Os modelos de 43" e 65" utilizam um painel VA LCD com retroiluminação Macro Dimming LED. Já os TVs de 49" e 55" usam display IPS LCD com retroiluminação BrightPro LED Micro Dimming.

Os valores sugeridos pela Philips são os seguintes:

  • 43" (43PFL6621/F7): US$ 650 (R$ 2,2 mil)
  • 49" (49PFL6921/F7): US$ 800 (R$ 2,8 mil)
  • 55" (55PFL6921/F7): US$ 1.000 (R$ 3,5 mil)
  • 65" (65PFL6621/F7): US$ 1.500 (R$ 5,2 mil)

Traseira da TV 4K

Cupons de desconto TecMundo: