Você já ouviu falar sobre Zhou Qunfei? Ela é uma chinesa fundadora da empresa Lens Technology — uma das maiores fabricantes de displays sensíveis ao toque do mundo —, sendo considerada a mulher "self-made" mais rica do planeta. O seu legado teve início em 2003, quando a Lens Technology foi criada. Desde então, o império só cresce e as finanças evoluem.

A Lens Technology é uma das grandes empresas do segmento e seus produtos são vistos em produtos da Apple, da Samsung, HTC e de várias outras gigantes do mercado internacional. Mas quem é a mulher que fundou esta grande companhia e como ela chegou até lá? É o que você vai descobrir agora mesmo...

"Self-made" no sentido mais bruto

O termo "self-made" é designado a homens e mulheres que conquistam grandes riquezas por esforço próprio. Ou seja, sem qualquer vínculo marital ou heranças familiares — podemos citar Steve Jobs e Bill Gates como exemplos de homens "self-made" para ilustrar a situação. Mas dificilmente veremos alguma história que defina isso tão bem quanto a de Zhou Qunfei.

(Fonte da imagem: Gilles Sabrie/NY Times)

Ela nasceu em uma aldeia muito pobre no centro da China e só conseguiu sair de lá quando foi para uma fábrica na cidade de Shenzhen. Lá, produzia vidros de relógios e ganhava o equivalente a US$ 1 por dia — em jornadas que podiam passar das 18 horas diárias.

O avanço e o contato com a Motorola

Anos depois (1993), ela decidiu aumentar os ganhos e abriu sua própria oficina de relógios, continuando a fazer lentes para eles e oferecendo qualidade superior aos modelos comuns. Isso foi crescendo gradativamente e a quantidade de displays produzidas só aumentava. Esse trabalho fez com que ela ficasse conhecida e gerou interesse de muita gente.

(Fonte da imagem: Gilles Sabrie/NY Times)

Foi então em 2003 que ela teve seu primeiro contato com celulares. De acordo com o The Economic Times, a Motorola entrou em contato com Qunfei para que ela ajudasse a empresa a produzir um novo vidro mais resistente e com menos opacidade para o Razr V3 — na época, os celulares usavam proteções plásticas, apenas. Assim surgiu a Lens Technology.

Não demorou para que outras fabricantes fossem atrás da Lens. Assim teve início o império de Zhou Qunfoi. Hoje, a empresa possui mais de 75 mil funcionários produzindo telas para portáteis. Em março deste ano, a fabricante abriu seu capital e hoje o valor da Lens é estimado em cerca de US$ 8 bilhões.

A China e o empoderamento feminino

A fundadora da Lens Technology é o retrato da transição de gerações da economia e da cultura chinesa. Como afirma o New York Times, ela é hoje a maior representante de uma "nova classe de mulheres empreendedoras na China e que construíram suas riquezas a partir do nada — uma raridade no mundo dos negócios em escala global". 

Nenhum país possui mais mulheres "self-made" do que a China

A publicação ainda afirma que nenhum país possui mais mulheres "self-made" do que a China. O motivo para isso, de acordo com Huang Yasheng (especialista e professor no MIT) seria a promoção da igualdade de gêneros promovida por Mao Tsé-Tung durante o regime comunista chinês, que levou muitas mulheres às fábricas e outros trabalhaos antes considerados masculinos, permitindo às mulheres crescerem muito quando a economia do país se abriu.

.....

Como você pode ver, o nome de Zhou Qunfei pode até ser desconhecido pela grande maioria, mas o trabalho dela sempre será muito lembrado. Ou vai dizer que você não acha importante o legado dela?

Você já conhecia a história de Zhou Qunfei? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: