(Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

“Um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade.” Foi essa a frase que Neil Armstrong disse ao dar os primeiros passos na Lua, em 1969. Ele foi o primeiro homem a pisar em solo lunar, depois de anos de uma corrida espacial que envolveu Estados Unidos, Rússia e enormes quantidades de dinheiro em pesquisas e desenvolvimento.

Armstrong só se tornou astronauta em 1962, depois ter sido piloto de avião na Marinha dos Estados Unidos. Antes disso, foi combatente e voou em 78 missões bem-sucedidas enquanto defendia os país, incluindo batalhas realizadas durante a Guerra da Coreia. Depois de sair da Marinha, ele ainda trabalhou como piloto de testes de aviões americanos e testou centenas de modelos diferentes.

A formação de um astronauta

O que pouca gente sabe é que os astronautas não são escolhidos ao acaso. Eles são preparados para emergências e devem possuir conhecimentos que vão muito além das práticas operacionais. Neil Armstrong é um ótimo exemplo disso. Ele estudou Engenharia Aeroespacial na Universidade de Purdue, o que deu bastante base para a sua carreira.

(Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

20 de julho de 1969: chegada à Lua

Sendo escolhido para ingressar na NASA em 1962, ele passou anos trabalhando em treinamentos e também foi responsável por análises na fabricação de motores, foguetes e naves. Quatro anos depois ele foi ao espaço pela primeira vez, comandando a missão Gemini 8. Em 1969, foi a vez de ele comandar a missão Apollo 11, que foi o seu grande momento e levou nome "Neil Armstrong" para todo o planeta.

Após voltar para o solo terrestre, Armstrong ainda permaneceu na NASA por mais alguns meses, mas em 1970 anunciou sua saída. Depois disso, foi professor de Engenharia Aeroespacial na Universidade de Cincinnati por quase uma década, até que se aposentou definitivamente.

O último passo de um grande homem

Cerca de três semanas atrás, Neil Armstrong foi submetido a uma cirurgia no coração. Devido a complicações em sua recuperação, o primeiro homem a pisar na Lua acabou falecendo no último sábado, aos 82 anos de idade. Com isso, encerra-se a vida heroica de um dos maiores símbolos da exploração espacial de toda a história.

Neil Armstrong não é considerado apenas o primeiro homem a pisar na Lua. Ele é um herói nacional para os norte-americanos e um ídolo para os apaixonados por astronomia e exploração espacial. Certamente, é um homem que deixará saudades na Terra e no espaço.

Fonte: The Verge, Reuters, BBC e NASA

Cupons de desconto TecMundo: