Assim que os Jogos Rio 2016 começaram, a Samsung anunciou uma ação para divulgar o Galaxy S7: entregar uma versão especial da Olimpíada do smartphone para cada atleta presente na Vila Olímpica. Com cores diferentes e na cor preta, foram entregues cerca de 12 mil aparelhos aos atletas.

Provavelmente, a maioria dos competidores gostou de receber um top de linha da Sammy. Contudo, não podemos afirmar o mesmo dos 31 atletas da comissão norte-coreana: eles não vão poder voltar para casa, a Coreia do Norte, com os Galaxy S7 em mãos.

Vale notar que a Samsung é uma companhia sul-coreana. Tanto Coreia do Sul quanto Coreia do Norte possuem sistemas políticos completamente diferentes e, historicamente, passaram e ainda passam por tensões diplomáticas — na década de 50, ainda pegaram em armas na Guerra da Coreia.

O bloqueio seria para limitar as comunicações dos atletas

Quem alertou sobre a questão dos Galaxy S7 foi a Radio Free Asia, comentou que as autoridades norte-coreanas não estão permitindo que os atletas saiam da Vila Olímpica com os smartphones da Sammy. Alguns relatos vão mais longe, comentando que os 31 competidores nem chegaram a receber os aparelhos, que foram barrados pela comissão da Coreia do Norte.

Qual o motivo do bloqueio? Além do que já foi citado, algumas fontes do jornal acreditam que isso serve para limitar as comunicações dos atletas.

Galaxy S7 Olympic Edition

Caso você não saiba, já entrevistamos o embaixador brasileiro na Coreia da Norte sobre questões de tecnologia, ataques hacker etc. Se você quiser dar uma lida, é só clicar aqui.

Cupons de desconto TecMundo: