O mercado de smartphones está saturado com tantas opções de celular. Algumas fabricantes chegam a ter três ou quatro modelos para cada tipo de consumidor.

A Nokia não é tão agressiva a esse ponto, mas é uma marca que tem uma série de aparelhos bem parecidos. A linha Lumia vem crescendo cada vez mais e muitas pessoas acabam não identificando as diferenças entre um e outro produto.

Pensando nessa diversidade, resolvemos criar um comparativo simples para você conseguir verificar as diferenças entre um e outro smartphone. A ideia não é apresentar especificações — já fizemos isso em outro artigo —, mas deixar claro quais são as vantagens e desvantagens que existem em cada Lumia.

Nokia Lumia 520

O smartphone de entrada da Nokia está longe de ser um aparelho de baixo desempenho. Com processador poderoso e chip gráfico razoável, este celular consegue rodar os principais apps e games do Windows Phone. A tela não é de alta definição, mas tem tamanho aceitável. O preço dá vantagem ao Lumia 520, que é mais poderoso e barato que alguns concorrentes.

Apesar de ser um celular bem equipado, esse Nokia não tem muito espaço de armazenamento interno (mas dá para aumentar o espaço com um cartão micro SD de até 64 GB). A memória RAM é um ponto falho que não tem muito como resolver e pode limitar a performance do aparelho. A câmera não é ruim, mas ela não tem flash. Ele não tem câmera frontal.

Nokia Lumia 525

Pensando em oferecer um gadget melhor ao consumidor que busca um celular básico, a Nokia dobrou a quantidade de memória RAM do Lumia 520, garantindo que o usuário possa usar mais apps simultaneamente.

Essencialmente, essa é a única diferença entre o Lumia 525 e seu antecessor. Hardware, câmera (que ainda não tem flash) e demais configurações permanecem idênticos. Não há previsão de lançamento no Brasil, portanto não há um preço definido para saber se vale aguardar a chegada do dispositivo aqui.

Nokia Lumia 620

Comparando rapidamente o Lumia 620 com o 520, percebemos que as diferenças entre um e outro são mínimas. O hardware é praticamente idêntico e ele sofre com as mesmas limitações de espaço de armazenamento e memória RAM. A bateria tem capacidade (e autonomia) inferior, o que deve ser levado em conta na hora de escolher seu Lumia.

É curioso que a Nokia diminuiu a tela (aumentando a densidade) e optou por uma tecnologia inferior (a IPS seria melhor). Apesar desses senões, a fabricante adicionou flash à câmera principal, inseriu uma câmera frontal e agregou a tecnologia NFC ao produto. É preciso pesar bem os prós e contras, mas talvez este smartphone não seja a escolha mais inteligente.

Nokia Lumia 625

Entrando com tudo para competir com as concorrentes, a Nokia apostou em uma tela de 4,7 polegadas (mas a resolução não aumentou) para o Lumia 625. O chipset deste smartphone é um pouco mais poderoso que o do Lumia 620, e o clock do processador é mais elevado. Uma pena que não houve aumento de memória RAM (um sério problema para um gadget intermediário).

O armazenamento interno continua limitado a 8 GB, o que deixa muito a desejar. O aparelho está mais pesado que os modelos anteriores. Para justificar o preço salgado, a fabricante melhorou a bateria, aumentando a capacidade em pouco mais de 50%, e adicionou o suporte para conexões 4G.

Nokia Lumia 720

O Lumia 720 é o típico aparelho que dá respaldo para as pessoas que falam que a Nokia “só muda o tamanho da tela”. Colocando esse celular lado a lado com o 620 e o 520, podemos ver que os defeitos continuam. Chipset, CPU, GPU, memória RAM e armazenamento interno não mudam absolutamente nada. A resolução da tela permanece a mesma.

O que mudou? O tamanho da tela foi para 4,3 polegadas (e resultou na redução da densidade de pixels, ou seja, qualidade inferior na reprodução das imagens). Ok, a câmera principal está um pouco melhor e a bateria também teve sua capacidade aumentada. Apesar de poucas mudanças, o Lumia 720 talvez seja mais interessante que o Lumia 625.

Nokia Lumia 820

O Lumia 820 já é quase um top de linha. Com 1 GB de memória RAM, CPU com frequência elevada (50% superior se comparada ao Lumia 720) e chip gráfico mais robusto, este aparelho pode rodar games recentes e oferecer melhor desempenho em diversos apps. A câmera tem melhor qualidade (8 MP) e vem com flash dual-LED.

A tela do Lumia 820 tem tecnologia AMOLED, e ele pode exibir cores mais vívidas. Além disso, a compatibilidade com redes 4G é um diferencial. Ainda que tenha diversas qualidades, este aparelho peca por trazer uma bateria de autonomia inferior à do Lumia 720 e por ser pesado. Tantas vantagens e o preço convidativo fazem este celular ser um dos melhores da Nokia.

Nokia Lumia 920

Considerado como o melhor smartphone da Nokia por um longo tempo, este celular resolve quase todos os “senões” do Lumia 820. A tela é um pouco maior (com 4,5 polegadas), volta para a tecnologia IPS e tem alta resolução.

O armazenamento interno é quadruplicado, o que permite guardar muitos jogos e músicas sem ter que ficar apagando dados. A bateria tem capacidade ampliada para 2.000 mAh (assim como o Lumia 720). O único problema é o peso excessivo, absurdo para um celular desse tamanho. De qualquer forma, o preço não está ruim e este Lumia pode ser uma boa opção.

Nokia Lumia 925

Mais uma vez, a Nokia resolve corrigir alguns erros. Com especificações quase idênticas às do Lumia 920, o modelo Lumia 925 leva vantagem por trazer tela AMOLED e ser bem mais leve. A versão de 16 GB é um pouco mais cara (cerca de 200 reais), então é bom pesar os prós e contras antes de adquirir este produto.

Nokia Lumia 1020

Aclamado por todos os fãs da Nokia, este smartphone é um dos maiores avanços em câmera para celulares de todos os tempos. De acordo com a Nokia, é a melhor câmera para smartphones.

Tirando a lente, as demais especificações são idênticas às do Lumia 920. Os únicos problemas deste celular para fotógrafos são o peso excessivo e o preço, que chega quase ao valor de uma câmera profissional.

Nokia Lumia 1320

Focando no público que busca phablets, a Nokia oferece dois aparelhos: o Lumia 1320 e o Lumia 1520. O primeiro é um produto de especificações simples, destinado ao público que não se importa tanto com tela de alta resolução e configurações de hardware muito robustas (o chip gráfico é simples e não há muito espaço para armazenamento).

Felizmente, o Lumia 1320 tem bateria de alta capacidade, é compatível com redes 4G e possui uma CPU pronta para as principais atividades. Ainda não há estimativa de chegada no Brasil, mas este gadget é uma boa opção para quem quer um Windows Phone de tela grande.

Nokia Lumia 1520

O top de linha da Nokia. O Lumia 1520 é o smartphone com o hardware mais poderoso da marca. Processador recente, chip gráfico robusto, muita memória RAM e espaço de sobra. A câmera também é excelente, garantindo fotos de altíssima qualidade.

(Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

A tela é gigante e tem resolução Full HD. Esse modelo também é compatível com redes 4G e tem uma bateria que pode durar muito tempo. O único senão é o peso excessivo, que pode incomodar. Por ora, não há data ou preço estipulado para o Brasil, mas certamente é um dos dispositivos mais poderosos do momento.

Qual é o Lumia certo para você?

Para responder a essa questão, você deverá pensar nas suas necessidades e no seu bolso. Com nossas dicas, facilmente você pode identificar qual smartphone atenderá suas expectativas. Esperamos ter ajudado. Caso você tenha mais alguma dica, aproveite o espaço de comentários para ajudar outros leitores. Até a próxima!

Cupons de desconto TecMundo: