Os implantes de tags NFC não são exatamente uma novidade, nós já falamos bastante a respeito dessa tecnologia, que é geralmente usada para desbloquear fechaduras inteligentes compatíveis com o protocolo de comunicação e até interagir com aparelhos eletrônicos.

Entretanto, o hacker norte-americano Seth Wahle apresentou recentemente em uma conferência de segurança em Maiami, Estados Unidos, uma nova e nefasta utilidade para os chips: invadir smartphones Android.

Em vez de conter códigos de acesso, a tag NFC de Wahle possui uma espécie de vírus que utiliza uma vulnerabilidade do protocolo para ordenar a instalação de um aplicativo no gadget da vítima. Se instalado com sucesso, o app dá acesso total ao aparelho, expondo sua agenda de contatos, registros, mensagens e qualquer outra informação que você possa imaginar. Durante a apresentação, o pesquisador demonstrou que é possível até ativar a câmera do celular e tirar uma foto.

Outro pesquisador chamado Rod Soto, que ajudou Wahle a desenvolver o programa, explicou na conferência que a técnica é pouco elegante e que se vale de vulnerabilidades já conhecidas. Apesar disso, o método ainda é bastante eficiente, pois exige apenas que o invasor aproxime a tag NFC ao aparelho da vítima.

Muitos dispositivos modernos além dos smartphones estão aderindo à tecnologia NFC, como máquinas de cartão e portas inteligentes, o que gera preocupações entre especialistas da área de segurança. Afinal de contas, um kit completo para implantar uma tag NFC pode ser encontrada por menos de US$ 99 (R$ 300) em vários lugares do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: